Aglomerado estelar aberto

Os aglomerados estelares abertos, antigamente chamados de aglomerados galácticos, são sistemas estelares ou aglomerações de corpos celestes cuja forma é irregular e englobam centenas de estrelas.
                                            
Os Aglomerados abertos conhecidos
O mais conhecido e estudado destes aglomerados são as Plêiades, na constelação de Touro, estas  possuem de sete a nove estrelas visíveis a olho nu dependendo das condições de visibilidade, porém a população estelar chega entre 700 a 800 corpos quando observadas mais amiúde. A distância média entre as estrelas que fazem parte deste grupo é de um terço dos intervalos médios entre aquelas vizinhas do Sistema Solar.
 
A envoltória dos  aglomerados
 O M18, ou NGC 6613 é um agrupamento aberto na constelação de SagitárioOs aglomerados abertos estão envoltos numa espécie de nebulosidade difusa causada por matéria escura, presumivelmente orgânica e se situam na região onde a densidade estelar da Via-Láctea é maior, logo a interação gravitacional também o é. São conhecidas naquela região cerca de quarenta mil estrelas que formam aproximadamente mil associações ou aglomerados estelares.

 A composição das estrelas dos aglomerados estelares
 Os aglomerados estelares são normalmente constituídos por estrelas jovens que ao serem analisadas através de espectroscópios, por métodos fotométricos e geométricos, além de terem suas distâncias e idades levantadas com precisão, ainda mostraram a ocorrência de metais semelhantes ao Sol.

A localização e mapeamento dos Aglomerados 
Nos aglomerados abertos mais próximos, foram obtidas paralaxes trigonométricas, sendo estas inversamente proporcionais à distância daqueles. Outros métodos que envolvem a comparação de movimentos próprios, geralmente pequenos, também foram usados e a magnitude aparente de estrelas mais brilhantes comprovou sua proximidades e a caracterização de sistemas que se movem no espaço de forma semelhante e interativa.

Os Sistemas estudados na atualidade
Até o final do século XX estavam sendo estudados pelos mais diversos astrônomos cerca de quatrocentos aglomerados abertos. Seus diâmetros que variam de 1,5 a 20 parsecs (3,26 anos-luz). Na Via Láctea estima-se que existam em torno de vinte mil aglomerados estelares abertos, sua detecção é difícil devido à obscuridade gerada pelas nebulosas de matéria escura entremeando o espaço intergaláctico

Fonte: Wikipédia.org

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Tipos de Estrelas

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton