12 de jul de 2010

Novo tipo de buraco negro tem 500 vezes o tamanho do Sol

Ilustração mostra o HLX-1, que pode ajudar os cientistas a entender as origens dos buracos negros supermassivos Foto: Heidi Sagerud/ESA/Divulgação
Uma equipe internacional de cientistas descobriu uma nova classe de buracos negros médios, com tamanho 500 vezes superior ao do Sol. O novo tipo, batizado de HLX-1 (Hyper Luminous X-Ray source 1) fica em uma galáxia situada a 290 milhões de anos-luz da Terra e foi detectado pelo Observatório Newton X-ray, da ESA, agência espacial europeia. As informações são do jornal espanhol El Mundo. Os responsáveis pelo estudo, do Centro de Estudos Espaciais des Rayonnements de Toulouse, na França, disseram que o achado indica um importante avanço para entender as origens dos buracos negros supermassivos que se encontram no centro da Via Láctea, onde fica a Terra, e em outras galáxias. Apesar da comunidade internacional ter dúvidas sobre a existência de uma categoria com tamanho intermediário, os responsáveis pela investigação acreditam que esta prova seja a mais concreta encontrada até agora. O estudo foi publicado na última edição da revista científica Nature.
Até o momento, as duas categorias de buracos negros reconhecidas eram a de supermassivos - com tamanho de vários milhões ou bilhões de vezes superior ao do Sol -, ou de massa estelar - com tamanho semelhante ao de uma estrela.
"Está amplamente aceita a teoria de que os buracos negros de massa estelar se formam a partir de grandes estrelas agonizantes, mas ainda desconhecemos como se formam os supermassaivos", explicou Sean Farrel, pesquisador da Universidade de Leicester e um dos autores da pesquisa. Segundo ele, "uma teoria é que podem ser formados por certo número de buracos negros intermediários, mas antes é preciso provar sua existência".
Fonte:cosmoevida.blogspot.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...