1 de out de 2010

O próprio tempo poderá acabar antes que a Terra

Você acredita nas teorias que dizem que “o fim do mundo está próximo”? Pois saiba do seguinte: de acordo com novas pesquisas o tempo (sim, o tempo mesmo, as horas, minutos e segundos) pode acabar antes do que a Terra. Um novo “modelo” de universo mostra que há uma chance de 50% de que o tempo acabe nos próximos 3,7 bilhões de anos – infelizmente não “a tempo”, com o perdão do trocadilho, de ficarmos jovens para sempre.
A história é a seguinte: o Universo teria começado com o Big Bang e, desde então, está se expandindo. Segundo estimativas, o Big Bang teria ocorrido a 13 bilhões de anos e os cientistas calculam que essa expansão ainda está se acelerando. Será que isso quer dizer que o Universo se expandiria para sempre?
Um Universo que se expande para sempre se tornaria infinito e eterno. Mas um grupo de físicos acha essa idéia meio cabeluda. Segundo Raphael Bousso, da Universidade de Berkeley, um Universo infinito é impossível porque as leis da física não funcionariam mais nele. Então ele e alguns colegas calcularam eventos que seriam mais prováveis.
O argumento deles é o seguinte: supondo que o Universo é infinito e durará para sempre, todo o tipo de evento que pode ocorrer, por mais improvável que pareça, irá acontecer nele. Na verdade, esses eventos irão ocorrer infinitas vezes.
Como o “infinito” é impossível de calcular, as leis da física não funcionam. Segundo Bousso isso é chamado de “problema de medida de inflação eterna”. A única maneira de pensar no assunto de acordo com as leis da física que conhecemos hoje seria se uma catástrofe desse um fim no universo.
Mas quando isso aconteceria, afinal? Bousso e seus colegas estimam que é improvável que nós, que estamos vivos hoje, veríamos o acontecimento, mas há uma chance de 50% de que isso aconteceria nos próximos 3,7 bilhões de anos. Isso quer dizer que a Terra e o Sol, se tudo correr como imaginamos, ainda estarão presentes no Universo. Se você está pensando em possíveis descendentes que estarão vivos nessa época e está preocupado, tenha esse consolo: será difícil prever quando a catástrofe irá acontecer e eles não iriam saber de nada quando acabasse.
Apesar da idéia desses caras ser meio perturbadora não há como ter certeza dela. Basicamente porque seus argumentos assumem que as leis que conhecemos na física hoje são absolutamente corretas e funcionariam em termos universais – e isso dificilmente é verdade. Então a idéia deles se torna mais filosófica do que física. De qualquer forma, você não precisa se preocupar com isso. Pelo menos não pelos próximos 3 bilhões de anos.
Fonte:hypescience.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...