Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 30, 2011

Teremos dois sóis em 2012?

Imagem
Especula-se que a estrela Betelgeuse passará por uma supernova colossal no ano de 2012 e que pode brilhar tanto, que durante o dia ela será como um segundo sol.
Vários sites pela internet divulgaram que a estrela Betelgeuse logo irá virar uma supernova e, em 2012, irá brilhar em nosso céu como um segundo Sol. No entanto, segundo cientistas, isso é completamente infundado. De acordo com especialistas, a Betelgeuse está, sim, a caminho de se tornar uma supernova e isso deve acontecer logo – mas esse “logo” está em termos astronômicos, e pode acontecer daqui a um milhão de anos. Ninguém tem certeza de quando a explosão irá acontecer realmente, mas mesmo que estejamos aqui para testemunhar, a supernova não apareceria no céu como um segundo Sol. Ela se aproximaria, no máximo, com o brilho de uma lua crescente. Segundo os astrônomos, ela seria brilhante e apareceria no céu mesmo durante o dia e, com certeza, assustaria muita gente, mas não seria nem de perto tão brilhante quanto nosso Sol. F…

Sonda da NASA Opportunity Contempla a Cratera Santa Maria em Marte

Imagem
Crèditos: Mars Exploration Rover Mission, NASA, JPL, Cornell; Image Processing: Marco Di Lorenzo, Kenneth Kremer
Celebrando 7 anos na superfície de Marte, a sonda Mars Exploration Rover Opportunity está agora próxima ao anel da cratera de 90 metros de diâmetro conhecida como Santa Maria. Fazendo história, tanto a Opportunity como sua irmã gêmea, a Spirit sobrevivem até hoje no Planeta Vermelho cumprindo uma missão inicial proposta de 3 meses. Ainda explorando, a sonda robô que é do tamanho de um carrinho de golfe e a sua sombra à direita aparecem em primeiro plano nessa imagem panorâmica, aqui reproduzida que mostra a sua atual localização. O mosaico foi construído usando imagens feitas pela câmera de navegação da sonda. Neste sétimo aniversário, a Opportunity quebrou a marca recorde de 26.7 quilômetros percorridos na superfície marciana. Após investigar a Cratera Santa Maria, os controladores planejam fazer com que a Opportunity retorne sua jornada até a Cratera Endurance, uma grande…

Galeria de Imagens - Exoplanetas curiosos

Imagem
Com uma massa cinco vezes maior que a da Terra, o planeta CoRot-7b orbita em torno de uma estrela que fica a 500 anos-luz de nosso planeta, mas que é muito parecida com nosso Sol. Mas as semelhanças terminam por aqui. O ano desse exoplaneta dura apenas 20 horas, o que torna sua temperatura muito mais quente do que o ser humano é capaz de aguentar. A composição do planeta ainda é desconhecida, mas é provável que seja composto predominantemente de rochas. Pesquisadores da Nasa estão intrigados com o GJ 436b, um exoplaneta que tem o tamanho de Netuno e fica a 33 anos-luz da Terra, na constelação de Leão. Tudo porque ele não tem metano, um gás formado por carbono e que é muito comum no nosso Sistema Solar. Em astros que têm atmosfera composta por hidrogênio, carbono e oxigênio e temperatura de até 540ºC, como é o caso, é esperado que haja uma grande quantidade de metano e uma pequena quantidade de monóxido de carbono. Mas isso não acontece no GJ 436b O CJ 1214b é um novo planet…

Astrônomos dizem que planetas fora do Sistema Solar são saída para habitantes da Terra

Imagem
Busca por exoplanetas deverá aumentar o número de descobertas nos próximos anos Concepção artística mostra o planeta GJ 1214b (em preto) fazendo a órbita em torno da estrela Nos últimos dez anos, os astrônomos encontraram cerca de 500 planetas extrassolares (que ficam fora do Sistema Solar). Graças a avanços em tecnologias de detecção, que estão cada vez mais precisas, a busca por exoplanetas (planetas que ficam fora do Sistema Solar) deve fazer com que esse número seja ainda maior.  Segundo o astrônomo Ramachrisna Teixeira, diretor do Observatório Abrahão de Moraes da USP (Universidade de São Paulo), em Valinhos, no interior de São Paulo, o objetivo da procura por esse tipo de planetas, mais do que encontrar alienígenas, é preservar a espécie humana no futuro.
– Hoje a Terra é habitável, mas um dia não será mais, o que nos obrigará sair daqui. Seu colega, o astrônomo Ronaldo Mourão, fundador do Museu de Astronomia do Rio de Janeiro, lembra que nos próximos 5 bilhões de anos o Sol dever…

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...