Postagens

Mostrando postagens de Agosto 17, 2011

Bolha espacial gigante brilha a partir do seu interior

Imagem
VLT encontra nuvem primordial de hidrogénio alimentada por energia vinda do seu interior Esta imagem mostra um dos maiores objetos conhecidos único no Universo, a bolha Lyman-alpha LAB-1. Esta imagem é uma composição de duas imagens diferentes tomadas com o instrumento FORS no Very Large Telescope (VLT) - uma ampla imagem que mostra as galáxias vizinhas e uma observação muito mais profunda do blob-se no centro feito para detectar a sua polarização. créditos:ESO / M. Hayes
Observações obtidas com o Very Large Telescope do ESO permitiram descobrir a fonte de energia de uma enorme nuvem de gás brilhante no Universo primordial. As observações mostram pela primeira vez que esta “bolha Lyman-alfa” gigante - um dos maiores objetos individuais conhecidos - obtém a sua energia de galáxias presentes no seu interior. A revista Nature publica estes resultados no dia 18 de Agosto. Uma equipe de astrónomos utilizou o Very Large Telescope do ESO (VLT) para estudar um objeto bastante invulgar chamado b…

14 Estrelas fujonas que correm como loucas pelo cosmo

Imagem
Imagens do Hubble, telescópio da NASA, mostraram 14 jovens estrelas com um comportamento incomum: elas correm pelo espaço sideral, com uma velocidade enorme, cortando gigantescas nuvens de gás.  As estrelas estão passando por uma região com denso gás interestelar, e sua interferência cria estruturas brilhantes no espaço, além de trilhas de poeira brilhante por onde passam. Esse fenômeno acontece quando a matéria que se desprende de uma estrela (vento estelar) se choca com os gases. De acordo com cientistas, o fenômeno é similar ao de um barco em alta velocidade, empurrando água para todos os lados.  Os astrônomos podem apenas estimar a massa, a velocidade e a idade dessas estrelas. A idade é determinada pela força de seu vento estelar – apenas estrelas muito novas ou muito velhas possuem vento estelar. As observações da NASA indicam que são estrelas jovens, com apenas alguns milhões de anos. Outro fato interessante é que cientistas acreditavam que apenas estrelas que tivessem massa, n…

Os Maiores Mistérios das Luas de Saturno

Imagem
O espaço ao redor de Saturno é muito movimentado. Além dos anéis gigantes do planeta, mais de 60 luas orbitam Saturno – algumas delas orbitam até mesmo dentro dos anéis. No geral, o grupo de satélites de Saturno é intrigante, mas alguns deles se destacam ainda mais. A sonda Cassini, em órbita ao redor de Saturno desde 2004, tem colhido novas informações sobre essas luas, o que está ajudando a solucionar alguns mistérios, como os que você confere abaixo.
Lua quente o suficiente para a vida?
A lua Encélado é um dos menores corpos esféricos do sistema solar, mas sabe como chamar atenção. Isso porque ela tem rachaduras estranhamente quentes perto do pólo sul, apelidadas de “listras de tigre”. Jatos aquosos dessas rachaduras sugerem um reservatório subterrâneo de água líquida salgada. A sonda Cassini detectou compostos orgânicos (que contém carbono) nesses jatos – a matéria fundamental para o início da vida. Resumidamente, Encélado pode ter água, materiais orgânicos e excesso de energia e é …

Telescópios rastreadores de ETs voltarão a funcionar após doações

Imagem
Instituto na Califórnia espera retomar convênio com a Força Aérea dos Estados Unidos para pesquisas espaciais, após fim de financiamento Um complexo com 42 telescópios que monitora possíveis indícios de extraterrestres, na Califórnia, nos Estados Unidos, voltará a operar em algumas semanas, graças a doações particulares. O instituto deixou de funcionar após a interrupção de financiamento público. Uma das líderes da campanha é a atriz Jodie Foster, que conseguiu levantar US$ 200 mil (R$ 318 mil) entre 2.400 doadores para o Seti (instituto de busca por inteligência extraterrestre, na sigla em inglês), que abriga o complexo Allen Telescope Array. O equipamento, que custou US$ 30 milhões (R$ 47,7 milhões), parou de operar após deixar de receber financiamento público, das Força Aérea americana.
Ficção e realidade
Em um comunicado no site de arrecadação, Foster disse que "o Allen Telescope Array poderia transformar a ficção científica em fatos científicos", salientando que isso só …

Perseida Abaixo

Imagem
Créditos e direitos autorais : Ron Garan,ISS Expedition 28 Crew,NASA Muitas pessoas ao redor do planeta Terra, observaram a chuva de meteoros dos Perseidas esse ano, olhando para um céu iluminado pela Lua Cheia. Mas essa impressionante imagem acima foi registrada pelo astronauta Ron Garan olhando um meteoro Perseidas de um ângulo diferente, ou seja, de cima para baixo. Do ponto de de vista de Garan na Estação Espacial Internacional, orbitando a Terra a uma altura de 380 quilômetros, o meteoro dos Perseidas que criou o rastro abaixo, varre a poeira deixada pelo cometa Swift-Tuttle que foi aquecido quando passou perto da Terra. Os grãos de poeira deixados pelo cometa estão viajando a uma velocidade aproximada de 60 km/s através da camada mais densa da atmosfera a 100 quilômetros acima da superfície. Nesse caso, o rastro do meteoro pode ser visto à direita do centro da imagem, abaixo pode ser visto o limbo curvo da Terra e uma camada de ar brilhante verde. Fora da imagem, o Sol está no ho…

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...