Postagens

Mostrando postagens de Outubro 3, 2011

Primeiras Estrelas do Universo podem ter se Originado como um Sistema Duplo

Imagem
Imagem da simulação computacional da geração das primeiras estrelas do universo Novas e detalhadas simulações computacionais têm mostrado como uma significante proporção de estrelas que nascem podem surgir aos pares, como a maioria das estrelas existentes em sistemas binários atualmente. As primeiras estrelas do universo são previstas para estarem entre as estrelas mais massivas, mas elas também podem explodir como supernovas alguns milhões de anos após a sua formação. Na tentativa de tentar aprender alguma coisa sobre isso, Matthew Turk e Tom Abel do Instituto Kavli para Física de Partículas e Astronomia e Brian O’Shea da Universidade Estadual de Michigan, rodaram simulações que descreviam o nascimento dessas primeiras estrelas. Em quatro simulações, as estrelas se formaram sozinhas, mas em uma das simulações um sistema binário foi formado, com duas estrelas com massa 6.3 e 10 vezes maior que o Sol. As simulações terminaram com as estrelas ainda em estágio de crescimento, essas primei…

'Cometas escuros' podem ser ameaça à Terra, diz revista

Imagem
O planeta Terra pode estar sob a ameaça de ser atingido por milhares de cometas que circulam nos arredores do sistema solar e não podem ser detectados pelos cientistas, afirma uma reportagem publicada na revista britânica New Scientist.  O cometa Borrelly também teria partes escuras na superfície
A revista entrevistou dois astrônomos britânicos que afirmam que, apesar de todo trabalho de monitoramento desses corpos celestes feitos por agências espaciais, muitos deles não poderiam ser detectados por serem o que eles chamam de "cometas escuros".  Segundo Bill Napier, da Universidade de Cardiff, no País de Gales, e David Asher, do Observatório de Armagh, na Irlanda do Norte, estes cometas escuros podem ser uma ameaça à Terra.  "Cometas escuros, dormentes, são uma significativa, mas muitas vezes invisível, ameaça ao planeta", disse Napier à revista. Segundo os cientistas, pelos cálculos sobre a entrada de cometas no sistema solar, é possível que haja pelo me…

Nova teoria tenta explicar surgimento de supernovas rapidas

Imagem
Pesquisadores chineses elaboraram uma nova teoria sobre como algumas estrelas podem se transformar em supernovas em um período muito menor do que o normal. A teoria existente explicava porque supernovas se formam em 100 milhões de anos, mas não esclarecia porque algumas supernovas - as do tipo 1a - surgem muito mais rápido. O segredo, segundo os pesquisadores, é que as estrelas anãs brancas sugam massa de "estrelas de hélio" até possuírem massa o suficiente para virarem uma supernova. A pesquisa foi publicada no periódico Monthly Notices da Royal Astronomical Society.
Teoria anterior - As estrelas anãs brancas são "sobras" de estrelas como o Sol, em que o hidrogênio se transforma em hélio e depois o hélio vira carbono e oxigênio. A teoria anterior afirmava que as estrelas anãs brancas feitas a partir de carbono e oxigênio conseguiam acumular a massa de uma outra estrela na sua proximidade, chamada de "estrela companheira".  Ao atingir um determinado taman…

A Galáxia de Andromeda

Imagem
final do verão e o início do outono no hemisfério norte é um grande momento para se observar a galáxia de Andromeda, a M31. A foto acima foi feita na Áustria no final de Agosto de 2011, local que teve algumas noites claras, sem Lua, com transparência perfeita. A M31 estava realmente maravilhosa. Como pode ser visto na foto acima, as regiões em azul são estrelas que são quentes e jovens. As regiões em vermelho são as regiões de hidrogênio-alfa (H II), regiões onde as estrelas azuis estão nascendo. Observações da M31 feitas pelo Telescópio Espacial Spitzer em 2006 revelaram que a nossa galáxia vizinha contém aproximadamente um trilhão de estrelas. Isso é no mínimo 2 vezes e meia no número de estrelas encontradas na Via Láctea, onde estima-se existam entre 200 e 400 bilhões de estrelas. Fonte: Ciência e Tecnologia - http://www.cienctec.com.br/
http://epod.usra.edu/blog/2011/10/andromeda-galaxy.html

Encontrado asteroide em formato de ampulheta

Imagem
A ampulheta espacial é formada por dois objetos distintos, orbitando um em torno do outro, eventualmente se tocando.[Imagem: Pedro Lacerda]
Objeto do Cinturão de Kuiper
Astrônomos encontraram um asteroide em formato de ampulheta, um relógio de areia. O corpo celeste é um "objeto do Cinturão de Kuiper", um membro de uma enorme gama de rochas dos mais diversos tamanhos que orbita o Sol além de Netuno. Os cientistas acreditam que os objetos do Cinturão de Kuiper são os "fósseis" mais bem preservados da origem do Sistema Solar.
Ampulheta espacial
O Dr. Pedro Lacerda e seus colegas da Universidade de Belfaste acreditam que a "ampulheta espacial" seja formada por dois objetos distintos, orbitando um em torno do outro, eventualmente se tocando. O conjuntofoi batizado de 2001QG298.   "Imagine que você cole dois ovos ponta com ponta - este é aproximadamente o formato do 2001QG298. Ele se parece com um relógio de areia," disse Lacerda. Mas sua distância é gra…

Japeto - Lua de Saturno

Imagem
Japeto é uma das luas de Saturno mais estranhas. A sua densidade é semelhante à de Rea, indicando que tem uma pequena quantidade de materiais rochosos. O seu lado da frente é escuro com uma cor ligeiramente avermelhada enquanto o seu lado de trás é brilhante. A superfície escura é composta por matéria que tanto pode ter sido capturada do espaço ou ejectada do interior da lua. A verdadeira razão é ainda desconhecida. A matéria escura pode ser uma fina camada de matéria orgânica talvez semelhante às substâncias complexas encontradas nos meteoritos mais primitivos. No entanto, não há crateras com arestas vivas no hemisfério escuro. Se a camada de material escuro é fina, deve ser constantemente renovado porque o impacto de um meteoro iria penetrar através da camada e revelar o material mais brilhante da superfície. A matéria escura pode ter sido originada de Febe, que tem um albedo muito baixo. Impactos de micrometeoritos poderiam expelir material de Febe que seria então capturado por Ja…

O ALMA abre os olhos

Imagem
O telescópio fez a melhor imagem já obtida das galáxias Antena apenas em operações de teste.Foto: ESO/Divulgação
O Alma, sigla do Atacama Large Millimeter/submillimeter Array, o observatório astronômico mais complexo já construído, abriu oficialmente as suas portas aos cientistas. A primeira imagem divulgada pelo telescópio, que ainda está em fase de construção, revela uma visão do universo que não poderia ser observada por telescópios ópticos ou infravermelhos. Milhares de astrônomos de todo o mundo competiram entre si para poderem estar entre os primeiros a explorar com esta nova ferramenta alguns dos mais escuros, mais frios, mais longínquos e mais escondidos segredos do cosmos. Atualmente, a rede do Alma é composta por cerca de apenas um terço das 66 antenas de rádio previstas, com separações entre si de no máximo 125 metros, em vez dos até 16 km possíveis. A rede encontra-se em crescimento no planalto do Chajnantor, no norte do Chile, a uma altitude de 5 mil metros. No entanto, me…

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...