As ‘tragadas sombrias’ causaram colossais buracos negros galácticos?

Um processo chamado de Dark Gulping (‘tragadas sombrias’ em tradução livre) pode responder um dos maiores mistérios da astronomia: como, quando o universo ainda estava em seus primeiros milhões de anos de idade, foram formados buracos negros gigantescos que ficam no centro das galáxias? A grande maioria das galáxias, talvez todas elas, possuem um forte centro gravitacional, um buraco negro supermassivo que teria o tamanho aproximado de nosso sistema solar. Este buraco negro é o que mantem todos os astros de uma galáxia unidos em forma aspiralada.

Cientistas desenvolveram um modelo para estudar interações gravitacionais entre o halo invisível de matéria escura e cada galáxia. Essas interações fazem com que a matéria escura forme um centro compacto de massa, que pode ser gravitacionalmente instável, dependendo das propriedades da matéria escura. Se esse esquema for perturbado por algo, essa massa escura central entraria em colapso de forma muito rápida, e sem deixar um traço de radiação eletromagnética. Esse processo de colapso rápido é chamado de Dark Gulping. Essa massa afetada é compatível com os buracos negros que ficam nos centros das galáxias que conhecemos hoje. Há diversas teorias sobre como esses buracos negros enormes se formam. Uma das possibilidades é que uma única nuvem de gás entraria em colapso. Outra hipótese é que vários buracos negros pequenos se chocariam e seriam unidos em uma versão gigante.

No entanto, essas opções, para acontecerem, demorariam milhões de anos (e os buracos negros enormes surgiram enquanto o universo ainda era relativamente um bebê), e as chances para isso são mínimas. Sendo assim, a tragada sombria pode ser a resposta que os cientistas tanto buscam. De acordo com o modelo desenvolvido pelos pesquisadores, a formação de uma massa central é inevitável. O resfriamento dos gases faz com que o material se acumule no meio. Essa massa possui uma instabilidade gravitacional que pode ser medida de 1 a 10 graus. Quando ela chega a 6 graus há um risco de colapso – que permitiria o acontecimento da tragada sombria. Com esse colapso, considerado rápido, a formação de buracos negros supermassivos, nos primeiros milhões de anos do universo, seria mais provável.
Fonte: http://www.sciencedaily.com

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Tipos de Estrelas

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton