Hubble retrata uma galáxia espiral empoeirada

O Telescópio Espacial Hubble das Agências Espaciais NASA e ESA tem nos presenteado com outra imagem espetacular de uma galáxia próxima. A imagem acima destaca a galáxia NGC 4183, vista aqui com um belo fundo composto de galáxias e estrelas. Localizada a aproximadamente 55 milhões de anos-luz de distância do Sol e se espalhando por aproximadamente 80000 anos-luz, a NGC 4183 é um pouco menor que a Via Láctea. Essa galáxia, que pertence ao Grupo de Galáxias da Ursa Major localiza-se na constelação do céu do norte conhecida como Canes Venatici, os Cães de Caça.

A NGC 4183 é uma galáxia espiral com um núcleo apagado e uma estrutura de braços espirais abertos. Infelizmente, essa galáxia é vista de lado desde a Terra, e assim nós não podemos apreciar seus braços espirais em sua totalidade. Mas nós podemos apreciar seu disco galáctico.

Os discos das galáxias são na sua maioria compostos de gás, poeira e estrelas. Existe uma evidência de poeira sobre o plano galáctico, visível como filamentos escuros intrigantes que bloqueiam a luz visível do núcleo da galáxia. Além disso, estudos recentes sugerem que essa galáxia pode ter uma estrutura em forma de barra. Acredita-se que as barras galácticas agem como um mecanismo que canaliza o gás dos braços espirais para o centro aumentando a taxa de formação de estrelas, que normalmente é mais pronunciada nos braços espirais do que no bulbo central das galáxias.

O astrônomo britânico William Herschel observou a NGC 4183 no dia 14 de Janeiro de 1778. Essa imagem foi criada a partir de outras imagens obtidas através dos filtros de luz visível e de infravermelho com o Wide Field Channel da Advanced Camera for Surveys. O campo de visão é de aproximadamente 3.4 arcos de minuto de largura.
Fonte: http://www.spacetelescope.org

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Tipos de Estrelas

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton