5 de nov de 2012

Ligeira cor do satélite Dione de Saturno

Crédito da imagem: NASA, JPL, SSI, a ESA; Pós-Processamento: Marc Canale
Por que metade de Dione tem mais cratera que o outro? Comece com o fato de que a lua Dione de Saturno tem um lado que está sempre voltado para Saturno, e um lado que está sempre oposto. Esse comportamento é similar ao da nossa Lua com relação à Terra. Essa prisão gravitacional significa que um lado de Dione sempre está na frente do satélite enquanto ele cumpre sua órbita. Desse modo Dione deve ter uma significante quantidade de impactos nessa sua metade. Estranhamente, o atual lado de Dione principal é o que tem menos crateras. Uma explicação é que algumas crateras de impactos formadas eram tão grandes que elas giraram o satélite Dione, mudando assim a parte do satélite que sofria a maior parte de impactos antes da Lua girar novamente e ficar presa gravitacionalmente. A imagem detalhada reproduzida acima de Dione destaca as sutis tonalidades da lua. Essa imagem é na verdade um mosaico meticulosamente gerado por um astrônomo amador dedicado, utilizando imagens feitas pela sonda Cassini da NASA durante o sobrevoo em Dione em Abril de 2010.
Fonte: http://apod.nasa.gov/apod/ap121105.html
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...