Raios de Tempestades em Saturno

Esses mosaicos em cor falsa obtidos pela sonda Cassini da NASA registram raios dentro de uma grande tempestade que circulou o hemisfério norte de Saturno por grande parte do ano de 2011. O mosaico maior na parte esquerda do painel mostra o flash do raio, que aparece como um ponto azul. O mosaico menor na parte direita é composto de imagens feitas 30 minutos depois, e o raio não mostra mais o seu flash nesse momento.

A seta branca aponta o local onde o raio ocorreu nas nuvens de Saturno. A energia óptica desse e de outros flashes em Saturno é comparável com os mais fortes flashes observados na Terra. O flash tem aproximadamente 200 quilômetros de diâmetro quando ele sai no topo das nuvens. A partir daí, os cientistas deduzem que os raios se originaram em nuvens mais profundas na atmosfera de Saturno onde as gotículas de água são congeladas. Isso é análogo ao local onde os raios são criados na Terra.

O flash do raio aparece somente na imagem feita com o filtro sensível à luz azul, e as imagens foram realçadas para aumentar a visibilidade do raio. As imagens feitas usando os filtros espectrais vermelho, verde e azul são normalmente combinadas para criar uma visão colorida natural. Pelo fato das imagens na luz visível vermelha não estarem disponíveis, as imagens feitas usando um filtro espectral sensível ao comprimento de onda do infravermelho centrado em 752 nanômetros foram usadas para substituir o canal vermelho. Também, a imagem com o filtro azul foi realçada para aumentar a visibilidade do raio. O resultado é um tipo de imagem com cor falsa.

As imagens foram obtidas com a câmera de ângulo restrito da sonda Cassini no dia 6 de Março de 2011, a uma distância de aproximadamente 3.3 milhões de quilômetros de Saturno, com o conjunto, Sol-Saturno-Cassini em fase com ângulo de 83 graus. Esses mosaicos são simples projeções cilíndricas em mapas, definida de modo que um pixel quadrado se estenda em intervalos iguais tanto em latitude como em longitude. Em latitudes mais elevadas, o tamanho do pixel na direção norte-sul permanece o mesmo, mas o tamanho do pixel (em termos de extensão física no planeta) na direção leste-oeste torna-se menor. O tamanho do pixel é setado no equador, onde as distâncias são as mesmas. Esse mapa tem um pixel de tamanho de 20 quilômetros no equador.

A missão Cassini-Huygens é um projeto cooperativo da NASA, a Agência Espacial Europeia e a Agência Espacial Italiana. O Laboratório de Propulsão a Jato, uma divisão do Instituto de Tecnologia da Califórnia, gerencia a missão para o Science Mission Directorate da NASA em Washington, D.C. O módulo orbital Cassini e as duas câmeras de bordo foram desenhadas, desenvolvidas e montadas no JPL. O centro de operações de imageamento está baseado no Space Science Intitute em Boulder, no Colorado.
Fonte: http://cienctec.com.br
http://www.wired.com

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Tipos de Estrelas

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton