Estrelas são ejetadas do centro galáctico a 3 milhões de km/h

 A uma surpreendente velocidade de 3,2 milhões de quilômetros por hora (km/h), seis estrelas percorrem nossa galáxia, supostamente ejetadas pelo buraco negro que fica no centro dela. “São objetos incrivelmente rápidos que estão, de fato, soltos da gravidade da Via Láctea”, explica o estudante de astronomia Keith Hawkins, da Universidade de Ohio (EUA), um dos autores do estudo. Acredita-se que o fenômeno ocorre quando um par de estrelas se aproxima de um buraco negro super massivo (como o que se encontra no centro da nossa galáxia), que engole uma delas e libera uma imensa quantidade de energia, “arremessando” a outra. Como a região central da galáxia está cheia de poeira espacial, estrelas que escapam dessa área podem ajudar cientistas a estudar melhor as propriedades da região.

Embora já tenham sido encontradas anteriormente outras “estrelas de hipervelocidade” (como são conhecidas), estas são as primeiras de tamanho similar ao do sol, algo difícil de observar – como há incontáveis estrelas grandes como o sol espalhadas pela galáxia, mesmo hipervelozes podem acabar passando despercebidas. Para encontrar essas “corredoras”, os pesquisadores responsáveis usaram dados do telescópio Palomar, na Califórnia (EUA). Primeiro, eles conseguiram descobrir 130 estrelas próximas ao buraco negro central da Via Láctea que estavam viajando a altíssimas velocidades. Em seguida, focaram naquelas que tinham uma velocidade consistente com a “ejeção” provocada pelo buraco negro central. Os resultados ainda estão sob análise, mas já há otimismo em relação a eles.
Fonte: Hypescience.com / LiveScience

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Tipos de Estrelas

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton