Mega Polêmica sobre a Teoria do Big Bang

         
De acordo com o modelo do Big Bang, o Universo se expandiu a partir de um estado extremamente denso e quente e continua a se expandir atualmente. Uma analogia comum explica que o espaço está se expandindo, levando galáxias com ele, como passas em um naco de pão a aumentar. O esquema gráfico superior é um conceito artístico que ilustra a expansão de uma parte de um Universo plano.

Argumentos pró
Sabe-se que uma fonte de luz que se afasta fica avermelhada e outra que se aproxima fica azulada. Como a luz de galáxias distantes vista em telescópios fica mais avermelhada com o passar do tempo tais galáxias estão se afastando. O satélite COBE (explorador de fundo cósmico) detectou em 1992 uma radiação que vem do fundo de todo o cosmo de forma uniforme. Regiões hoje distantes podem há bilhões de anos ter estado muito próximas. A radiação seria eco da explosão que as afastou. Segundo os cientistas, apenas as estrelas visíveis no céu, que funcionam como usinas geradoras de elementos químicos são insuficientes para dar conta de toda a variedade e quantidade de elementos observados. Uma explosão explicaria o fato.
 
Argumentos Contra
Perguntas que o Big Bang ainda não responde : O universo se expande com uma certa velocidade chamada constante de hubble. Para ter o tamanho que tem, deveria ter começado a expansão num dado instante, daí pode se deduzir a idade do universo, mas a idade de algumas estrelas pode ser calculada de outro modo : Pelo tempo que levam para produzir todos os materiais que têm. Segundo as últimas medidas, o universo é mais jovem que muitas estrelas, uma contradição que pode derrubar a teoria. A expansão do universo teria começado com o Big Bang, será que acabará? Depende da quantidade de matéria no cosmo, se houver muita, a gravidade pode gerar atração suficiente para conter a expansão. Nesse caso começaria a se contrair até virar um único ponto. Poderia haver então um novo Big Bang. Os cientistas tentam avaliar quanto de matéria há no cosmo. Como esta gera atração gravitacional, que movimenta galáxias e estrelas é possível ter uma idéia dessa quantidade.

Para o espanto dos cosmólogos, há mais gravidade em ação do que a que pode ser produzida por todas as galáxias e estrelas visíveis . O que gera esta força ninguém sabe , alguns falam de matéria escura. Embora o fundo do universo pareça uniforme, medições muito recentes parecem sugerir que , numa determinada direção, ele se comporta de modo diferente. A velocidade do movimento da Terra em relação ao fundo do cosmo é muito maior do que a esperada. O que estaria arrastando a Terra, o Sol e vária outras estrelas e galáxias? No início dos anos 20 achava-se que o universo era pequeno, estático e que na Via Láctea era todo o universo e que as massas chamadas nebulosas vistas de telescópios eram corpos gasosos. Hubble acabou com essa idéia quando detectou estrelas no braço espiralado da nebulosa Andrômeda. Era uma galáxia. Concluiu-se que as nebulosas eram universos ilhados e distantes. Hubble havia expandido as dimensões do universo em pelo menos 100 vezes.
Fonte: Mega Arquivo

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Tipos de Estrelas

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton