As Caudas do Cometa Lemmon

Crédito de imagem e direitos autorais: Gerald Rhemann

O que causa as interessantes e intrigantes caudas que o cometa Lemmon apresentou no começo do ano de 2013? Primeiro de tudo, quase todo cometa que chega perto do Sol apresenta duas caudas: uma cauda de poeira e uma cauda de íon. A cauda de poeira do cometa Lemmon, pode ser vista acima e ao redor do núcleo do cometa e não é branca, é produzida pela reflexão da luz do Sol na poeira que protege o núcleo aquecido cometa. Fluindo e muito mais esculpida, contudo, é a cauda de íon azulada do C/2012 F6, criada pelo vento solar empurrando os íons pelo núcleo na direção contrária ao Sol. Pode-se notar também que a coma do cometa está envolta por uma névoa esverdeada gerada pelo gás carbônico atômico que é fluorescente na luz do Sol. A imagem acima foi feita a partir dos céus escuros da Namíbia em meados do mês de Abril de 2013. Atualmente, o cometa Lemmon está se apagando e voltando para o Sistema Solar externo.
Fonte: http://apod.nasa.gov/apod/ap130506.html

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Tipos de Estrelas

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton