Padrões de Duna de Titã

Imagem: NASA / JPL-Caltech, e NASA / GSFC / METI / ERSDAC / JAROS e EUA / Japan ASTER
 
Dados obtidos pela sonda Cassini da NASA mostram que o tamanho e os padrões das dunas na lua Titã de Saturno varia em função da altitude e da latitude. As dunas em áreas que são mais elevadas ou mais altas em latitude como a região Fensal mostrada na parte inferior esquerda da imagem acima, tende a ser mais fina e mais vastamente separada, com vazios que têm uma cobertura de areia mais fina. Dunas na região Belet, mostrada no quadro superior esquerdo da imagem acima, estão mais baixas em latitude e altitude. As dunas em Belet são mais largas, com uma cobertura mais espessa de areia entre elas. As dunas do Kalahari na África do Sul e na Namíbia, localizadas numa região com disponibilidade limitada de sedimentos, e mostrada no quadro inferior direito da imagem acima, mostra efeitos similares às dunas de Fensal. As dunas Belet em Titã, lembram as dunas de Oman, do Yemen e da Arábia Saudita, na Terra, onde existe uma abundante quantidade de sedimentos disponível. As dunas de Oman são mostradas no quadro superior direito da imagem acima.
 
O efeito da altitude sugere que a areia (provavelmente composta de hidrocarbonetos) necessária para gerar as dunas esteja na sua maior parte localizada nas terras baixas de Titã. A órbita elíptica de Saturno pode explicar por que as dunas tendem a ser mais finas, mais vastamente separadas e com menos cobertura de areia em áreas entre as dunas à medida que se move para o norte em latitude. Os verões no hemisfério sul são mais curtos e mais quentes do que os do hemisfério norte, possivelmente deixando o solo no sul menos úmido pois as áreas mais ao norte experimentam mais evaporação e condensação. Quando o solo está úmido, é mais difícil mover as partículas de areia pois elas ficam mais pesadas. Como resultado é mais difícil construir dunas.
 
As imagens das dunas Belet e Fensal foram obtidas pelo instrumento de radar da sonda Cassini no dia 28 de Outubro de 2005 e em 10 de Abril de 2007. As imagens foram processadas com a intenção de mostrar a mesma escala espacial. Nessas imagens, as dunas de Titã são as linhas escuras que têm entre 1 e 2 km de largura. A Fensal aparece muito mais brilhante nessas imagens de radar do que a Belet, pois existe uma cobertura de areia mais fina nas áreas entre as dunas. Essas áreas entre dunas são também mais largas do que as da Belet. A imagem das dunas de Oman, também conhecidas como dunas no Rub’al Khali, ou Empty Quarter, foi obtida pelo instrumento Advanced Spaceborne Thermal Emission and Reflection Radiometer (ASTER), um instrumento que viaja na órbita do nosso planeta a bordo do satélite Terra da NASA. As imagens das dunas Kalahari no Deserto da Namíbia também foram obtidas pelo ASTER.
Fonte: http://www.nasa.gov

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Tipos de Estrelas

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton