Companhia Privada Pretende Instalar Telescópio na Lua em 2015

A exploração espacial privada deve ir para a Lua e logo. A primeira missão mundial para o polo sul ensolarado da Lua colocará um telescópio privado no pico lunar da Montanha Malapert no começo de 2015. Moon Express, uma startup privada de comércio lunar, e a International Lunar Observatory Association, uma fundção sem fins lucrativos para a observação da Lua, se juntaram para colocar o International Lunar Observatory, uma antena de rádio telescópio com 2 metros de diâmetro, na Lua, para observar a galáxia sem a interferência da atmosfera da Terra que absorve determinados tipos de radiação.
 
O ILOA planeja começar pequeno, estabelecer uma presença científica na Lua e eventualmente mover a exploração humana para lá. Uma missão preliminar com um telescópio menor será lançada em 2015. O observatório completo, programado para chegar em 2016, poderá realizar, pesquisa científica, transmissão comercial e permitir a educação Galaxy 21st Century e a ciência cidadã na Lua, de acordo com o comunicado de imprensa feito pelas duas organizações. Seu acesso e controle serão disponíveis via interne para o público em geral, bem como para os pesquisadores.
 
A Moon Express também enviará um pequeno rover que irá prospectar a Lua por recursos, incluindo metais, minerais e água, que poderiam ser extraídos da superfície e um dia até mesmo vendidos na Terra. Apesar do tempo para colocar um observatório na Lua ser descrito como um pouco ambicioso – mesmo pelo CEO Bob Richards do Moon Express – o Moon Express está também participando do chamado Lunar XPrize do Google, que tem por objetivo colocar na Lua um rover em 2015.
Fonte: http://blog.cienctec.com.br/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Tipos de Estrelas

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton