Juno da NASA está a meio caminho de Júpiter

A sonda Juno da NASA encontra-se na metade do caminho até Júpiter. A sonda que estudará o sistema Joviano alcançou esse marco no dia 12 de Agosto de 2013 às 09:25 hora de Brasília.
A imagem gerada por computador mostra nave espacial Juno da NASA. Crédito da imagem: NASA / JPL-Caltech
 
“O odômetro da Juno acabou de marcar 9.464 unidades astronômicas”, disse o principal pesquisador da Juno Scott Bolton, do Southwest Research Institute em San Antonio. “A equipe está olhando para frente, se preparando para o dia em que nós entraremos na órbita ao redor do planeta mais massivo do nosso Sistema Solar”. Para esse desafio de unidades astronômicas, uma unidade astronômica, ou AU, do inglês, é uma unidade de medida usada pelos engenheiros espaciais e cientistas quando discutem as incríveis distâncias envolvidas na exploração do Sistema Solar. Uma AU é baseada na distância entre a Terra e o Sol, ou seja, 149597870.7 quilômetros. As 9.464 AU que a Juno já viajou é o equivalente a 1415794248 quilômetros.
 
A Juno estava a 55.46 milhões de quilômetros da Terra quando a marca foi atingida. A próxima marca importante na viagem de aproximadamente cinco anos até Júpiter acontecerá em Outubro, quando a sonda passará pela Terra para alcançar uma velocidade extra. “Em 9 de Outubro de 2013, a Juno estará a 559 quilômetros da Terra”, disse o gerente de projeto da missão Rick Nybakken do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA em Pasadena, na Califórnia. “A passagem pela Terra dará a Juno um aumento na velocidade de aproximadamente 7.3 km/s. A partir daí, a próxima parada será Júpiter”.
 
A sonda Juno está programada para chegar em Júpiter em 4 de Julho de 2016 às 11:29, hora de Brasília. A Juno foi lançada em 5 de Agosto de 2011. Uma vez na órbita de Júpiter, a sonda circulará o planeta 33 vezes, de um polo ao outro, e utilizará sua coleção de oito instrumentos científicos para pesquisar o que existe abaixo da cobertura de nuvens que obscurece o planeta gasoso gigante. A equipe de ciência da Juno aprenderá sobre a origem, a estrutura, a atmosfera e a magnetosfera de Júpiter, buscará pelas evidências de potencial núcleo sólido para o planeta.
 
O nome Juno vem da mitologia Grega e Romana. O Deus Júpiter desenhou um véu de nuvens ao redor de si mesmo para esconder sua esposa a Deusa Juno, que foi capaz de espiar através das nuvens e revelar a verdadeira natureza de Júpiter. O Laboratório de Propulsão a Jato da NASA em Pasadena na Califórnia, gerencia a missão Juno para o seu principal pesquisador Scott Bolton, do Southwest Research Institute em San Antonio. A missão da Juno é parte do New Frontiers Program gerenciado no Marshall Space Flight Center da NASA em Huntsville, Ala. O Lockheed Martin Space Systems em Denver, construiu a sonda. O JPL é uma divisão do Instituto de Tecnologia da Califórnia em Pasadena.
Fonte: NASA

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Tipos de Estrelas

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton