A Grande Nebulosa da Carina

Créditos da Imagem:Lorand Fenyes
Uma joia do céu do hemisfério sul da Terra, a Grande Nebulosa da Carina, também conhecida como NGC 3372, se espalha por mais de 300 anos-luz, e é uma das maiores regiões de formação de estrelas da nossa galáxia. Como a menor e mais ao norte Grande Nebulosa de Orion, a Nebulosa da Carina é facilmente visível a olho nu, apesar de estar a uma distância de 7500 anos-luz da Terra, cinco vezes mais distante do que a Nebulosa de Orion. Essa bela imagem telescópica mostrada acima revela detalhes impressionantes dos filamentos brilhantes da região de gás interestelar e de nuvens de poeira escuras.
 
Mais vasto do que o tamanho angular da Lua Cheia, o campo de visão mostrado acima se espalha por mais de 300 anos-luz através da nebulosa. A Nebulosa da Carina é o lar de estrelas extremamente massivas e jovens, incluindo a ainda enigmática estrela variável Eta Carinae, uma estrela com mais de 100 vezes a massa do Sol. A estrela Eta Carinae é a estrela mais brilhante localizada perto do centro da imagem, um pouco a esquerda da empoeirada Nebulosa Keyhole (NGC 3324). Enquanto que a própria Eta Carinae esteja talvez na eminência de uma explosão de supernova, imagens em raios-X indicam que a Grande Nebulosa da Carina tem sido uma incrível fábrica de supernovas.
Fonte: http://apod.com/ap131015.html

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Tipos de Estrelas

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton