Veja todas as cores que a luz visível do sol emite


Como todos nós provavelmente nos lembramos das aulas de física do Ensino Médio, a luz branca pode ser decomposta em todas as cores do arco-íris. Na prática, pode parecer abstrato demais. Você já imaginou observar uma imagem de alta qualidade que mostre exatamente isso? Que tal ver a quantidade de cada cor que sai da luz do nosso sol? Isso é exatamente o que a fotografia abaixo mostra. Capturada pelo Observatório Astronômico Óptico Nacional dos Estados Unidos, esta imagem é um espectro completo de luz visível captada do sol. Cada uma das 50 fatias abrange 60 angströms do espectro de luz (cada angström equivale a 1 x 10⁸), para uma gama de 4 mil a 7 mil angströms (ou seja, entre 400 e 700 nanômetros).Apenas observando a fotografia, é possível perceber alguns fatos curiosos. Logo de cara, vê-se que a região mais brilhante corresponde à área verde-amarela do espectro.
 
Ainda existem diversas linhas pretas que correm por entre o local. Essas manchas escuras são provenientes de gases na atmosfera do sol, que absorvem parte da luz – e podem ser usadas para identificar quais os elementos que compõem uma estrela, com base em quais luzes ela.  Você também vai notar que não há nenhum tom de rosa neste espectro. Isso porque o rosa é uma cor que pode ser criada apenas por meio de pigmentos (lembra-se de toda a discussão científica acerca do tema?). Ou seja, não se trata de uma cor espectral, uma vez que o rosa não é observado em um único comprimento de onda da luz. Da próxima vez que você definir o balanço de branco da sua câmera para “luz do dia”, lembre-se de que esta imagem mostra o que a expressão realmente significa. [Pop Photo] absorve.
Fonte: Megacuiriso

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Tipos de Estrelas

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton