Raios-Gamma na Terra e no Céu

Crédito de imagem: Internacional Fermi Large Telescope Colaboração Area, NASA, DOE

Para um telescópio de raios-gamma na órbita da Terra, o nosso planeta é na verdade a maior fonte de raios-gamma, a forma mais energética da luz. Os raios-gamma da Terra são produzidos quando as partículas de alta energia, raios cósmicos do espaço, se chocam com a atmosfera. Enquanto a interação bloqueia a radiação matadora não deixando que ela chegue na superfície, esses raios-gamma dominam o céu da Terra como pode ser visto nessa imagem impressionante feita pelo Large Array Telescope do Telescópio Espacial de Raios-Gamma Fermi. A imagem foi construída usando somente observações feitas quando o centro da nossa Via Láctea estava perto do zênite, ou seja, diretamente acima do satélite Fermi.

O zênite é mapeado no centro do campo. A Terra e os pontos perto do nadir, diretamente abaixo do satélite, são mapeados na borda do campo resultando numa Terra e numa projeção de céu completo da perspectiva orbital do Fermi. O esquema de cores escolhido mostra os raios-gamma de baixa intensidade em azul e os de alta intensidade em tonalidades amareladas e na escala logarítmica. Os raios-gamma mais brilhantes do nosso planeta invadem de brilho as bordas do campo, o anel amarelo de alta intensidade traça o limbo da Terra. As fontes de raios-gamma no céu juntamente com a apagada Via Láctea se esticam diagonalmente através da parte central da imagem. Lançado em 11 de Junho de 2008 para explorar o universo de altas energias, essa semana, o Fermi celebrou 2000 dias na órbita baixa da Terra.
Fonte: http://apod.nasa.gov

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Tipos de Estrelas

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton