Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 17, 2013

Sistema estelar 'revela Canibalismo Cósmico

Imagem
Imagem de Circinus X-1, que fica cerca de 24.000 mil anos-luz da Terra, na constelação Circinus. Crédito: X-ray: NASA / CXC / Univ. de Wisconsin-Madison / S. Heinz et al; Óptico: DSS; Radio: CSIRO / ATNF / ATCA CircinusX-1 pode parecer um lugar sereno de longe, mas na realidade esta nebulosa gasosa é um local bastante movimentado. Dentro da nebulosa está uma estrela de nêutrons, que também é uma sobra da supernova que produziu o gás. Não só isso, mas a estrela de nêutrons tem uma companheira e de fato a “canibaliza”.  Circinus X-1 é excitante para os astrônomos porque demonstra como os sistemas são nos primeiros estágios após uma explosão de supernova. A nebulosa é uma criança em termos cósmicos, com um limite superior para a sua idade de apenas 4.500 anos. “O fato de que nós temos essa remanescente, juntamente com a estrela de nêutrons e sua companheira significa que podemos testar todos os tipos de coisas”, afirmou Sebastian Heinz, professor de astronomia na Universidade de …

Entendendo a matéria escura: os axions

Imagem
Muitos de vocês provavelmente compreendem os conceitos básicos de um tipo indescritível de matéria chamada matéria escura, algo que é necessário para explicar diversas características anômalas do universo. As características mais proeminentes que a matéria escura explica são as lentes gravitacionais e a grande formação da estrutura observável na radiação cósmica de fundo. O ambíguo termo matéria “escura” reflete a nossa incapacidade de descobrir o que esta matéria é. No entanto, temos algumas ideias sobre do que esta forma de matéria poderia ser feita. Uma dessas partículas hipotéticas é chamada axion. Às vezes chamadas de neutrinos estéreis, essas partículas certamente não são uma ideia nova no campo da física de partículas. O áxion foi proposto pela primeira vez em 1977. Estas partículas são descritas como sem rotação e sem carga. Além disso, elas interagem sensivelmente com a força forte e fraca, e têm uma massa magra (consideravelmente menor que a de um elétron). Saber…

Expansão do universo pode acontecer de forma extremamente simples

Imagem
Quando a sopa é aquecida, ela começa a ferver. Quando o tempo e o espaço são aquecidos, um universo em expansão pode emergir, sem a necessidade de qualquer evento extraordinário como um “Big Bang”. Esta fase de transição entre um espaço vazio e sem graça para um universo em expansão contendo massa foi agora descrita matematicamente por uma equipe de pesquisa da Universidade de Tecnologia de Viena, na Áustria, juntamente com colegas da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, também nos EUA, e da Universidade de Edimburgo, na Escócia. A ideia por trás deste resultado é uma conexão notável entre a teoria quântica de campos e teoria da relatividade de Einstein. Todo mundo sabe das transições entre as fases líquida, sólida e gasosa da matéria. No entanto, os físicos Steven Hawking e Don Page já apontaram, em 1983, que o tempo e o espaço também podem sofrer uma transição de fase semelhante. Eles calcularam que um determinado espaço vazio pod…

Nebulosa da Tarântula fotografada por Astrônomo Amado

Imagem
O centro brilhante da Nebulosa da Tarântula é apresentado em tons de roxo nessa bela imagem acima. Também conhecida como 30 Doradus, ou NGC 2070, a Nebulosa da Tarântula está localizada na constelação do sul Dorado, a aproximadamente 160000 anos-luz de distância da Terra. A foto acima foi feita pelo ex-cientista da NASA Fred Herrmann de Huntsville, no Alabama e publicada em 1 de Dezembro de 2013. Ele usou um telescópio remotamente operado de 20 polegadas Planewave CDK, com uma câmera CCD FLI PL09000 (filtros de banda curta/RGB híbrido Há x 4, Oiii x 3, 3 x RGB), para capturar a visão desde Siding Springs, na Austrália. A Nebulosa da Tarântula tem um brilho tão intenso que faria sombra na noite se estivesse localizada na mesma distância da Grande Nebulosa de Orion, localizada a apenas 1300 anos-luz de distância. Algumas das estrelas mais brilhantes e mais massivas conhecidas estão localizadas no aglomerado estelar no centro da nebulosa”. Fonte: http://www.space.com

O encolhimento de Mercúrio

Imagem
© NASA/JHUAPL/Carnegie Institute of Washington (planeta Mercúrio)
Cientistas descobriram que o planeta mais próximo do Sol encolheu muito mais que se pensava anteriormente durante seu tempo de vida. Estudos de Mercúrio mostram que o planeta perdeu cerca de 11 quilômetros de diâmetro desde o flamejante nascimento do sistema solar há 4,5 bilhões de anos. Conforme se resfriava e contraía, o planeta ficou marcado por longas saliências curvadas parecidas com as rugas de uma maçã desidratada.   Um novo censo dessas saliências, chamadas de escarpas lobulares, encontrou mais delas que em qualquer momento do passado, e com uma aparência mais grave.
“A descoberta sugere que Mercúrio encolheu muito mais do que previa a estimativa anterior, que era de dois a três quilômetros,” explica Paul Byrne, cientista planetário da Carnegie Institution for Science em Washington. Ele apresentou os resultados em 9 de dezembro durante uma reunião da União Geofísica dos Estados Unidos em San Francisco, na Cali…

O cometa Lovejoy sobre Quebec no Canadá

Imagem
A foto acima mostra o Cometa Lovejoy pairando sobre Ile d’Orleans, em Quebec, na manhã do dia 8 de Dezembro de 2013. Apesar de muito anunciado e antecipado, o Cometa ISON, infelizmente falhou ao passar perto do Sol, já o Lovejoy (C/2013 R1), provou ser mais resistente. Esse período de longo período, descoberto em 9 de Setembro de 2013, pelo astrônomo amador Terry Lovejoy está atualmente se movendo através da constelação de Hercules. Ele talvez é o cometa mais brilhante de 2013, embora esteja agora se apagando e seja visível melhor através de binóculos. Se você estiver no hemisfério norte, procure-o alto no céu, pouco antes do amanhecer. Pode-se notar que a cor azul esverdeada mostrada nessa imagem do envelope externo do Cometa Lovejoy, se deve à presença de moléculas de carbono (C2). Fonte:http://epod.usra.edu




LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...