Instrumentos científicos que o módulo Philae leva a bordo para estudar o cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko



PhilaeIllustrated_esa_1080


Nessa última quarta-feira, a humanidade deu um passo importante e histórico na exploração espacial, pousando uma sonda no núcleo de um cometa. Com o decorrer do dia, o módulo Philae se separou da sonda Rosetta e desceu até a superfície do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko. Como a textura da superfície do cometa é desconhecida e sua gravidade superficial é muito baixa, o Philae ia tentar se auto-ancorar, por meio de arpões, algo que nunca antes foi feito na história da humanidade. A imagem acima é uma ilustração artística que mostra o módulo Philae, como ele deve estar na superfície do cometa Churyumov-Gerasimenko, juntamente com a explicação sobre cada um dos instrumentos científicos que ele leva a bordo. O mundo inteiro passou essa quarta-feira, dia 12 de Novembro de 2014 de olho nas notícias e nas atualizações sobre o status da missão da sonda Rosetta e do módulo Philae. Se o Philae realmente pousou no cometa, se ele pousou num terreno suave, se os arpões funcionaram bem, e como o pequeno robô mergulhou na superfície são perguntas que serão respondidas no decorrer dos acontecimentos da missão. Vamos todos ficar de olho.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Tipos de Estrelas

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton