"Selfie" da Rosetta

Este "selfie" da Rosetta foi capturado no dia 7 de Outubro. Nessa altura a sonda encontrava-se a cerca de 472 milhões de quilómetros do planeta Terra, mas apenas a 16 km da superfície do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko. Aparecendo para lá da nave perto do topo da imagem, fluxos de gás e poeira são libertados do curioso núcleo duplo do cometa e a luz solar é reflectida num dos painéis solares de 14 metros da Rosetta. De facto, duas exposições, uma curta e uma longa, foram combinadas para registar o grande contraste do objecto artifical e o do natural, usando o sistema de câmaras CIVA no módulo de aterragem Philae, ainda acoplado à Rosetta. O seu local de aterragem principal pode ser visto no lóbulo mais pequeno do núcleo. Esta é a última imagem das câmaras do Philae antes deste se ter separado da Rosetta no dia 12 de Novembro. Pouco depois da separação o Philae capturou outra imagem olhando para trás em direcção à sonda e começou a sua descida para o núcleo do cometa.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Tipos de Estrelas

Nova Classificação do Sistema Solar

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Como surgiu o primeiro átomo?

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton