Astronomia: olhe para cima e veja a beleza do Hexágono de verão

Hexagono de Verao

Se você olhar para cima neste fim de semana, o céu noturno não vai lhe decepcionar. São diversas constelações, uma mais bonita que a outra, formando figuras simples e perfeitas vistas desde a antiguidade. É só olhar pra cima e admirar! Lá pelas 21 horas, o céu noturno estará simplesmente deslumbrante e o que mais chamará a atenção, além da Lua, será a presença de Júpiter e do chamado Hexágono de verão, um asterismo formado por sete estrelas muito brilhantes, que parecerão cercar nosso satélite natural.

Em astronomia, asterismo é um padrão de estrelas que parece formar uma figura, que neste caso é o Hexágono de verão, cujos vértices são compostos pelas estrelas Rigel, Aldebaran, Capella, Pollux e Castor, Procyon e Sirius. Este asterismo é visível no céu noturno entre dezembro e março e todas as estrelas constituintes são muito brilhantes, com magnitude variando entre -1.47 e 1.96. Embora o Hexágono de verão seja um desenho único formado por estrelas, cada uma delas pertence a uma constelação diferente:

Rigel pertence à Orion, Aldebaran a Touro, Capela ao Cocheiro, Castor e Polux fazem parte de Gêmeos, Procyon ao Cão Menor e Sirius ao Cão maior.
O interesse da formação dessa sexta-feira é que ela parece abraçar a Lua, que estará centrada dentro do hexágono. Além disso, a presença de Júpiter no mesmo quadrante dará um toque todo especial, com o gigante gasoso formando um triângulo com a Lua e Procyon. 

Então é isso. Chame a família e os amigos. Convide-os a curtir o céu noturno nesse fim de semana. Depois, se for o caso, volte ao Facebook e conte a todos como é interessante o mundo real, cheio de coisas legais a serem descobertas!
Bons céus! 
Fonte: APOLO11.COMhttp://www.apolo11.com

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Tipos de Estrelas

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton