Camadas e dunas escuras na superfície de Marte


A imagem acima mostra uma depressão circular na superfície de Marte e foi adquirida no dia 5 de Janeiro de 2015, pela câmera High Resolution Imaging Science Experiment (HiRISE) a bordo da sonda Mars Reconnaissance Orbiter (MRO). A sonda está orbitando Marte desde Março de 2006 e completou 40000 órbitas ao redor do planeta no dia 7 de Fevereiro de 2015. O alvo dessa observação é uma depressão circular numa unidade escura associada com um campo de cones a nordeste.

Na escala da imagem feita pela Context Camera da MRO, que fornece uma visão aérea vasta para fornecer o contexto para as futuras análises de alta resolução, a depressão parece expor camadas especialmente nos lados ou nas paredes, que são sobrepostas por areias escuras presumidamente associada com a unidade escura.

A resolução da câmera HiRISE, que é de longe maior do que da Context Camera e sua marca maior, pode ajudar a identificar possíveis camadas. A HiRISE é um dos seis instrumentos da sonda Mars Reconnaissance Orbiter. A Universidade do Arizona em Tucson, opera a HiRISE, que foi construída pela empresa Ball Aerospace & Technologies Corp., em Boulder no Colorado. O Laboratório de Propulsão a Jato, uma divisão do Instituto de Tecnologia da Califórnia em Pasadena, gerencia o projeto Mars Reconnaissance Orbiter para o Science Mission Directorate da NASA em Washington.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Tipos de Estrelas

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton