O mapa do universo

mapa 3d universo

Os astrofísicos criaram um mapa 3D do nosso universo. Ele se estende por quase dois bilhões de anos-luz e é o desenho mais completo da nossa vizinhança cósmica até agora. O mapa esférico de superaglomerados de galáxias levará a uma maior compreensão de como a matéria é distribuída e fornecerá informações importantes sobre a matéria escura, um dos maiores mistérios da física. O mapa foi criado pelos professores Mike Hudson, Jonathan Carrick e Stephen Turnbull, do Departamento de Física e Astronomia da Universidade de Waterloo, no Canadá, e Guilhem Lavaux, do Instituto de Astrofísica de Paris e do Centro Nacional de Pesquisa Científica da França.

“A distribuição de galáxias não é uniforme e não tem nenhum padrão. Ela tem picos e vales muito parecidos com uma cadeia de montanhas. Isto é o que é esperado se a estrutura em larga escala se origina de flutuações quânticas do início do universo”, explica Hudson. As áreas azuis e brancas mais leves no mapa representam maiores concentrações de galáxias. A área vermelha é o superaglomerado chamado de Concentração Shapley, a maior coleção de galáxias no universo próximo. Áreas inexploradas aparecem em cor azul mais forte.


VELOCIDADES PECULIARES
Saber a localização e o movimento da matéria no universo vai ajudar astrofísicos a prever sua expansão e identificar o local e a quantidade de matéria escura existente. Os cientistas observam que as galáxias se movem de forma diferente porque a expansão do universo não é igualitária. Estas diferenças são chamadas de velocidades peculiares. A Via Láctea e sua vizinha Andrômeda, por exemplo, estão se movendo com uma velocidade de 2 milhões de quilômetros por hora. Modelos anteriores de mapas não consideravam totalmente esta movimentação. Hudson e sua equipe estão interessados ​​em descobrir quais estruturas são responsáveis ​​pelas velocidades peculiares. Estes desvios no movimento das galáxias são uma ferramenta valiosa para determinar a distribuição de matéria e matéria escura em escalas maiores.


O SEGREDO DA MATÉRIA ESCURA
A matéria escura é responsável por uma grande parte da massa do universo. É uma forma hipotética de partícula que não reflete ou emite luz e, portanto, não pode ser vista ou medida diretamente. A existência e as propriedades da matéria escura só podem ser inferidas indiretamente através de seus efeitos gravitacionais na matéria visível e na luz. “Uma melhor compreensão da matéria escura é fundamental para entender a formação de galáxias e as estruturas em que vivem, como aglomerados de galáxias, superaglomerados e vazios”, afirma Hudson. O próximo passo da pesquisa será conseguir amostras mais detalhadas de velocidades peculiares para melhorar o mapa, em colaboração com pesquisadores da Austrália.
Fonte: Hypescience.com
 [Phys]

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Tipos de Estrelas

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton