SDO da NASA Registra Intensa Flare Solar de Classe X Em 5 de Maio de 2015

sdo_views_of_may_5_2015_x-class_flare
O Solar Dynamics Observatory da NASA que observa o Sol constantemente, capturou essas imagens de uma significante flare solar – observada como um flash brilhante no limbo esquerdo do disco solar – que teve seu pico às 19:11, hora de Brasília, do dia 5 de Maio de 2015. Cada imagem mostra um diferente comprimento de onda da luz extrema ultravioleta que destaca uma diferente temperatura do material no Sol. Comparando as diferentes imagens, os cientistas podem entender melhor o movimento da matéria e da energia solar durante uma flare.

Da esquerda para a direita, os comprimentos de onda visíveis são: luz visível, 171 angstroms, 304 angstroms, 193 angstroms e 131 angstroms. Cada comprimento de onda foi colorizado. Flares solares são poderosas explosões de radiação. A radiação de uma flare não pode passar pela atmosfera da Terra para fisicamente afetar os humanos no solo, contudo – quando ela é intensa o suficiente – elas podem perturbar a atmosfera numa camada onde os sinais de GPS e os sinais de comunicação trafegam. Essa flare é classificada como uma flare de classe-X2.7. A classe-X denota as flares mais intensas, enquanto que o número fornece mais informação sobre a sua intensidade. Uma X2 é duas vezes mais intensa que uma X1, uma X3 é três vezes mais intensa, e assim por diante.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Tipos de Estrelas

Nova Classificação do Sistema Solar

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Como surgiu o primeiro átomo?

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton