Postagens

Mostrando postagens de Outubro 19, 2016

Possíveis cenários para a vida em outros planetas

Imagem
Existe a questão da possível existência de vida fora do nosso sistema solar em outro “planeta Terra”, e a medida que a tecnologia avança, mais exoplanetas são descobertos, e mais exoplanetas com características mais próximas da Terra são descobertas. Um exemplo é o Kepler-186f, um exoplaneta que tem água, e outro, é o Kepler-452b, que têm algumas características semelhantes às características da Terra, como um período orbital de aproximadamente 384,84 dias terrestres.  Para ocorrer o surgimento da vida, é preciso um meio líquido (como a água) para ter o surgimento através de reações químicas, moléculas, que são de extrema importância para o isso através de reações químicas incluindo água, e além desses dois fatores, precisa-se de uma fonte de energia. Um grande objetivo da astronomia é encontrar vida em outros planetas, uma tarefa complicada. Para criar instrumentos que analisem planetas parecidos com a Terra, é preciso se antecipar no tempo e saber como será a química dessa atmosfer…

Imagem de Eta Carinae com maior resolução obtida até à data

Imagem
O Interferómetro do VLT captura ventos fortes no famoso sistema estelar massivo Imagem detalhada de Eta Carinae Créditos: ESO/G. Weigel
Uma equipe internacional de astrónomos utilizou o Interferómetro do Very Large Telescope para obter imagens do sistema estelar de Eta Carinae, as mais detalhadas obtidas até à data. A equipa descobriu estruturas novas e inesperadas no sistema binário, incluindo uma região entre as duas estrelas onde ventos estelares de velocidades extremamente elevadas colidem. Esta nova descoberta sobre o enigmático sistema estelar poderá levar a uma melhor compreensão da evolução de estrelas de elevada massa. Uma equipe de astrónomos, liderada por Gerd Weigelt do Instituto Max Planck de Rádio Asttronomia (MPIfR) em Bona, na Alemanha, utilizou o Interferómetro do Very Large Telescope (VLTI), instalado no Observatório do Paranal do ESO, para obter uma imagem única do sistema estelar Eta Carinae situado na Nebulosa Carina.

Este colossal sistema binário, constituído por dua…

Aglomerado estelar NGC 299 na constelação do Tucano

Imagem
A constelação do Tucano é famosa por abrigar alguns dos objetos mais interessantes de serem observados como a Galáxia Anã Tucana e o aglomerado globular 47 Tucanae, o segundo aglomerado mais brilhante do céu. Mas além disso, essa constelação nos reserva outra belezas cósmicas. Uma dessas é o aglomerado aberto de estrelas NGC 299, localizado dentro da Pequena Nuvem de Magalhães a apenas 200 000 anos-luz de distância da Terra. Aglomerados abertos de estrelas como esse, são coleções de estrelas fracamente agrupadas pela gravidade, todas elas tendo se formado da mesma nuvem molecular massiva de gás e poeira. Por conta disso, todas as estrelas possuem a mesma composição e a mesma idade, mas possuem massa variável pois elas se formarm em diferentes posições dentro da nuvem. Essa única propriedade, não só garante uma espetacular visão quando o objeto é observado através de instrumentos sofisticados acoplados a telescópios como a Advanced Camera for Surveys do Hubble, mas também fornece aos a…

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...