Como cientistas coletaram um pedaço do sol

Você sabia que existe um local na Terra em que é possível segurar um pedaço do Sol? Este lugar fica no Centro Espacial Johnson, em Houston, Texas. Lá existem duas salas repletas de wafers (finas fatias de material semicondutor) e folhas metálicas que armazenam partículas do vento solar.
Há quinze anos, essas partículas carregadas foram lançadas pelo Sol para o espaço com velocidade de 750km/s. Normalmente, elas iriam viajar pelo sistema solar, mas naquela ocasião, algo esperava por elas no caminho. Acampada entre a Terra e o Sol, no ponto exato em que as gravidades dos dois corpos se cancelam, estava uma nave brilhante, com a missão de captar o número máximo de partículas.
Esta nave se chama Genesis, e ficou neste ponto entre dezembro de 2001 e abril de 2004, captando as partículas com os wafers compostos de materiais como silício, diamante, ouro, alumínio e safira.  A viagem de volta à Terra levou quatro meses. Genesis não pousou na nossa superfície, mas enviou uma cápsula contendo os wafers para nós. Em 8 de setembro de 2004, a cápsula passou por uma entrada na atmosfera bastante acidentada. Ela tinha um enorme paraquedas e deveria descer tão lentamente que um helicóptero iria coletar o material com segurança. Para o horror os cientistas, esse paraquedas não funcionou, e a cápsula se espatifou no deserto de Utah.
Ao examinar os pedaços de metal retorcido no deserto, os cientistas respiraram aliviados ao constatar que nem tudo estava perdido. Muitos wafers estavam quebrados, mas outros ficaram intactos, com as amostras de vento solar guardadas com segurança.
Em janeiro de 2005, o primeiro wafer estava pronto para análise. Cientistas finalmente colocaram as mãos nos pedacinhos do Sol e passaram a examiná-los.
Os resultados foram fascinantes. Primeiro, os pesquisadores determinaram que as partículas hipotéticas chamadas partículas energéticas solares não existem no vento solar, desbancando uma teoria da Era Apollo. Eles também descobriram que o Sol tem proporção maior de Oxigênio 16 do que a Terra. Isso é estranho, já que a Terra e quase tudo no sistema solar surgiram da mesma nebulosa. Então o que aconteceu com o oxigênio? Os cientistas ainda não têm certeza.
As amostras continuam armazenadas, esperando pelo desenvolvimento de novas tecnologias e pesquisas para nos fornecer ainda mais informações sobre o Sol e a Terra. 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Tipos de Estrelas

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton