Valsa das ANÃS MARRONS no sistema LUHMAN 16AB

Essa série de pontos, com a distância variando entre eles, mostra na verdade a lenta valsa de duas anãs marrons. A imagem na verdade representa uma composição de 12 imagens feitas ao longo de 3 anos com o Telescópio Espacial Hubble. Usando astrometria de alta precisão, uma equipe de astrônomos rastreou os dois componentes do sistema, à medida que eles se movimentavam tanto no céu, como um em relação ao outro.

O sistema observado, é conhecido como Luhman 16AB, está localizado a apenas 6 anos-luz de distância da Terra, e é o terceiro sistema estelar mais próximo do nosso Sol, perdendo somente para o sistema de Alfa Centauri e para a Estrela de Barnard. Apesar da proximidade, o Luhman 16AB só foi descoberto em 2013 pelo astrônomo Kevin Luhman. As duas anãs marrons que constituem o sistema, Luhman 16A e Luhman 16B, orbitam uma em relação a outra a uma distância equivalente à distância entre a Terra e o Sol, e essas observações mostram a grande precisão e o poder de observação do Hubble.

Os astrônomos usam o Hubble para estudar o Luhman 16AB, não somente interessados na valsa entre as duas anãs marrons, mas também para pesquisar um terceiro, porém invisível parceiro de dança. Observações anteriores feitas com o VLT do ESO indicaram a presença de um exoplaneta nesse sistema. A equipe de astrônomos quer verificar isso analisando o movimento das anãs marrons em grande detalhe, durante um longo período de tempo, mas até o momento os dados do Hubble mostraram que as duas anãs marrons estão dançando sozinhas, sem a perturbação de um companheiro planetário massivo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Tipos de Estrelas

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton