Via Láctea e um metero explodindo sobre a Áustria

A chuva de meteoros das Perseidas atinge seu pico no próximo final de semana. Os grãos de rocha congelada cruzarão o céu enquanto evaporam durante a sua entrada na atmosfera da Terra. Esses grãos eram parte do Cometa Swift-Tuttle. As Perseidas resultam da passagem anual da Terra através da órbita do Swift-Tuttle, e normalmente é a chuva de meteoros mais ativa do ano, isso para o hemisfério norte, para o hemisfério sul sua visão é prejudicada. Embora seja complicado prever o nível de atividade de qualquer chuva de meteoros, num céu claro é possível observar 1 meteoro por minuto. Esse ano, o pico das Perseidas acontece uma semana depois da Lua Cheia e isso pode prejudicar a visualização de meteoros mais apagados. Normalmente as chuvas de meteoros são observadas da melhor forma numa posição relaxada, longe das luzes da cidade. Na imagem acima, pode-se ver um meteoro explodindo na atmosfera da Terra, durante as Perseidas de 2015. A foto foi feita na Áustria e mostra a faixa central da nossa Via Láctea.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Tipos de Estrelas

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton