6 de jun de 2018

Cratera ODYSSEU do satélite TÉTIS de SATURNO


Crédito: NASA/JPL-Caltech/Space Science Institute

A feição que chama a atenção visualmente no satélite congelado Tétis de Saturno, sem dúvida alguma é a Cratera Odysseus. Essa é uma enorme cratera de impacto com 450 km de diâmetro, com um anel marcado por abismos íngremes e com montanhas no seu centro. A cratera tem quase metade do diâmetro de Tétis que é de 1071 km. Nessa imagem o norte de Tétis está para cima.

Essa imagem final é uma composição de algumas imagens feitas na luz visível pela câmera de ângulo restrito da sonda Cassini em 17 de Agosto de 2015, a uma distância de aproximadamente 44500 quilômetros de Tétis.  A sonda Cassini teve a sua missão encerrada no dia 15 de Setembro de 2017.

A missão Cassini foi um projeto colaborativo da NASA, ESA, e ISA. O Laboratório de Propulsão a Jato, uma divisão do Instituto de Tecnologia da Califórnia, em Pasadena, gerenciou a missão para o Science Mission Directorate da NASA, em Washington. O módulo orbital Cassini e suas duas câmeras de bordo foram desenhadas, desenvolvidas e montadas no JPL. O centro de operações de imagens fica baseado no Space Science Institute, em Boulder, no Colorado.
Fonte: NASA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...