15 Anos do observatório de raios-X Chandra da NASA

A cluster of galaxies in the constellation Hydra.

Essa imagem do Observatório de Raios-X Chandra do aglomerado de galáxias Hydra A foi feita no dia 30 de Outubro de 1999, com o instrumento chamado Advanced CCD Imaging Spectrometer (ACIS) em uma observação que durou cerca de seis horas. Hydra A é um aglomerado de galáxias que está localizado a cerca de 840 milhões de anos-luz de distância da Terra. O aglomerado tem esse nome devido à forte fonte de rádio, Hydra A, que se origina de uma galáxia perto do centro do aglomerado. Observações ópticas mostram algumas centenas de galáxias no aglomerado. As observações em raios-X feitas pelo Chandra revelaram uma grande nuvem de gás quente que se estende através do aglomerado. A nuvem de gás tem alguns milhões de anos-luz de diâmetro e tem uma temperatura de cerca de 40 milhões de graus nas partes mais externas caindo para cerca de 35 milhões de graus na região mais interna.

O Observatório de Raios-X Chandra, da NASA foi lançado ao espaço a 15 anos atrás a bordo do Ônibus Espacial Columbia. Desde que foi colocado no espaço em 23 de Julho de 1999 o Chandra tem ajudado a revolucionar o entendimento que temos do universo através da sua visão de raio-X. O Chandra, é um dos atuais “Grandes Observatórios” da NASA, juntamente com o Telescópio Espacial Hubble, e com o Telescópio Espacial Spitzer, e é especialmente desenhado para detectar a emissão de raios-X das regiões quentes e energéticas do universo. Os vídeos abaixo mostram um pouco dessa história. O primeiro vídeo é um curto documentário mostrando as principais descobertas do Chandra nesses 15 anos de atividade, e o segundo vídeo mostra como o Columbia soltou e colocou em órbita esse grande observatório.
Fonte: NASA

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Tipos de Estrelas

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton