Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 21, 2018

Hubble pinta retrato do Universo em evolução

Os astrónomos "pintaram" um dos retratos mais abrangentes da história evolutiva do Universo, baseado num amplo espectro de observações pelo Telescópio Espacial Hubble e por outros telescópios espaciais e terrestres. Em particular, a visão ultravioleta do Hubble abre uma nova janela no Universo em evolução, acompanhando o nascimento de estrela ao longo dos últimos 11 mil milhões de anos até ao mais movimentado período de formação estelar do cosmos, cerca de 3 mil milhões de anos após o Big Bang. Esta imagem engloba um mar de aproximadamente 15.000 galáxias - 12.000 das quais estão a formar estrelas - amplamente distribuídas no tempo e no espaço. Este mosaico tem 14 vezes a área do Hubble Ultra Violeta Ultra Deep Field, divulgado em 2014.Crédito: NASA, ESA, P. Oesch (Universidade de Genebra) e M. Montes (Universidade de Nova Gales do Sul)
Os astrónomos que usam a visão ultravioleta do Telescópio Espacial Hubble da NASA capturaram uma das maiores imagens panorâmicas do fogo e da…

Adolescentes descobrem novo tipo de objeto astronômico

Alunos do ensino médio na Itália descobriram um estranho objeto durante o projeto EXTraS, dedicado a uma busca sistemática por variabilidade nos dados de arquivo do satélite XMM-Newton. Depois que os estudantes apresentaram suas descobertas aos cientistas, uma análise feita por Sandro Mereghetti, do Instituto Nacional de Astrofísica em Milão, e seus colegas mostrou que a luminosidade do objeto é significativamente maior do que é comumente observado em erupções estelares de tão curta duração, deixando em aberto a possibilidade de outras interpretações.
Nova classe?
Estrelas podem emitir chamas de intensa radiação de raios-X. Em particular, uma estrela sob a influência de um buraco negro próximo ou uma estrela de nêutrons vizinha pode produzir chamas extremamente brilhantes e breves. Em busca de tais objetos, uma equipe de estudantes em seu último ano do ensino médio em Saronno, na Itália, analisou dados do satélite XMM-Newton, identificando um objeto no centro do aglomerado globular NGC …

A incrível tempestade planetária que mudou a face de Marte

Marte como costumamos ver nas fotos (esquerda) e Marte hoje, depois de uma tempestade global que já dura dois meses.[Imagem: NASA]
Marte sob tempestade
Quando uma tempestade em Marte desligou o robô Opportunity, em 10 de Junho passado, ninguém imaginava que o fenômeno atingisse as proporções que se vê agora. A NASA compilou imagens de suas sondas em órbita para compor um novo mapa planetário que mostra um Marte totalmente diferente do que estamos acostumados.
A boa notícia é que justamente agora estão surgindo os primeiros indícios de que a tempestade de poeira global está se acalmando - mais poeira está saindo da atmosfera do que está sendo levantada do solo. Isso aumenta a expectativa de que o robô marciano, de 15 anos de idade, possa "telefonar para casa".
É impossível saber como o rover foi afetado até que ele se comunique. Mas a equipe observa que há motivos para ser otimista: eles realizaram vários estudos sobre o estado das baterias do Opportunity antes da tempestade e as…