Postagens

Mostrando postagens de Maio 11, 2018

O que aconteceria se a lua desaparecesse de repente?

Imagem
A vida como a conhecemos provavelmente não existiria. A lua é mais do que apenas um rostinho bonito para contemplar a noite. Ela ajuda a direcionar nossas correntes e marés oceânicas, o movimento da atmosfera e do clima da Terra e até mesmo a inclinação do eixo do nosso planeta. Então, o que aconteceria com a Terra e conosco se desaparecesse imediatamente sem aviso prévio? Nós sobreviveríamos? Infelizmente, provavelmente não. De imediato, notamos que a "noite" seria significativamente mais escura. A superfície da lua reflete a luz do sol, iluminando nosso céu noturno. Sem esse brilho indireto, qualquer área que não tenha acesso à luz artificial, como estradas rurais ou acampamentos arborizados, se tornaria muito mais arriscada viajar à noite. A repentina ausência da lua também confundiria animais. Em uma revisão de 2013no Journal of Animal Ecology , os pesquisadores descobriram animais que usam a visão como seu principal modo de interagir com o benefício do mundo (em termos de …

Astrónomos holandeses fotografam, por acaso, possível planeta em formação

Imagem
Imagem infravermelha do binário CS Cha com o recém-descoberto companheiro no círculo.Crédito: C. Ginski & SPHERE
Um grupo de astrónomos estava a examinar o disco de poeira em redor da jovem estrela dupla CS Cha, quando viram um pequeno ponto na borda das suas imagens. O ponto acabou sendo um pequeno planeta com apenas alguns milhões de anos, que se move juntamente com a estrela dupla. Ainda não está claro se é um super-Júpiter em formação ou uma anã castanha.
Uma equipa internacional de astrónomos liderada por investigadores holandeses da Universidade de Leiden encontrou, coincidentemente, um pequeno companheiro em torno da estrela dupla CS Cha. Os astrónomos estavam a examinar o disco de poeira do binário quando "tropeçaram" no objeto. Os investigadores suspeitam que é um planeta na sua infância que ainda está a crescer. Os astrónomos usaram o instrumento SPHERE no VLT (Very Large Telescope) do ESO no Chile. Em breve publicarão os seus achados num artigo aceite pela revis…