Postagens

Mostrando postagens de Outubro 31, 2018

Exoplaneta possui dia de apenas 8 horas terrestre

Imagem
Você sente que nunca há tempo suficiente num dia? Então não vá para Beta Pictoris b. Um dia neste acelerado exoplaneta dura apenas 8 horas, fazendo-se uma péssima escolha para um grande desafio. Você também estaria lutando... Você sente que nunca há tempo suficiente num dia? Então não vá para Beta Pictoris b. Um dia neste acelerado exoplaneta dura apenas 8 horas, fazendo-se uma péssima escolha para um grande desafio. Você também estaria lutando contra um ambiente empoeirado, temperaturas lancinantes e a ausência de terra firme neste planeta gigante semelhante à Júpiter.
Beta Pictoris b foi descoberto em 2008 orbitando uma estrela jovem, cerca de 63 anos-luz de distância. Astrônomos acham que o planeta tem aproximadamente 7 vezes a massa de Júpiter e está brilhando ainda com o calor da sua própria formação, em uma temperatura de aproximadamente 1.600 Kelvins.
O exoplaneta foi encontrado em uma bateria de imagens tirada pelo Telescópio Very Large, no Chile. Ignas Snellen, da Universidade d…

Primeiras observações detalhadas de matéria orbitando perto de um buraco negro

Imagem
O instrumento GRAVITY do ESO confirma a existência do buraco negro no centro da Via Láctea Com o auxílio do GRAVITY, o instrumento extremamente sensível do ESO, uma equipe internacional confirmou a suposição de longa data de que um buraco negro se esconde no centro da Via Láctea. Novas observações mostram nuvens de gás deslocando-se a cerca de 30% da velocidade da luz numa órbita circular muito próxima ao horizonte de eventos do buraco negro. É a primeira vez que se observa matéria orbitando próxima ao ponto sem retorno. Estas são também as observações mais detalhadas obtidas até agora de matéria orbitando tão perto de um buraco negro.
Com o auxílio do instrumento GRAVITY montado no Interferômetro do Very Large Telescope do ESO, cientistas de um consórcio de instituições europeias, incluindo o ESO, observaram clarões de radiação infravermelha sendo emitidos pelo disco de acreção que rodeia Sagitário A*, o objeto massivo situado no coração da Via Láctea. Os clarões observados fornecem-no…

O presente e início da Via Láctea (ilustração artística)

Imagem
Que diferença faz 11 bilhões de anos, como pode ser visto nessas duas visões comparativas de nossa galáxia Via Láctea. A vista de cima mostra como nossa galáxia se parece hoje. A vista inferior mostra como apareceu no passado remoto. Esta ilustração fotográfica é baseada em um levantamento do Telescópio Espacial Hubble da NASA / ESA de galáxias em evolução do tipo Via Láctea.
Na vista de cima, o atual céu noturno é dominado pelo brilho branco de uma miríade de estrelas de meia-idade ao longo da faixa da Via Láctea. A "poluição" interestelar das espessas faixas de poeira pode ser vista através da longa faixa de estrelas. Eles estão intercalados com algumas nebulosas de emissão rosadas da formação de estrelas em curso. Milhares de estrelas aparecem como alfinetadas de luz pelo céu.  A vista de baixo mostra uma visão imaginária da nossa jovem Via Láctea, como pode ter aparecido 11 bilhões de anos atrás, como visto da superfície de um planeta hipotético. O céu noturno parece muit…