Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 26, 2018

Buracos negros, quasares e supernovas: o fenômeno mais surpreendente no espaço sideral

Ao longo das últimas três décadas, o Telescópio Espacial Hubble tem nos ajudado a ter uma melhor visão do espaço sideral. Estimativas atuais indicam que existem cerca de 100 a 200 bilhões de galáxias em nosso universo observável. Alguns astrofísicos acreditam que esse número é subestimado; pode haver na verdade 2 trilhões de galáxias no total.
De qualquer maneira, o universo que conhecemos é insondável, e isso sem levar em conta a teoria das cordas e outras dimensões possíveis. Dentro deste enorme campo de bilhões de anos-luz de distância, ocorrem alguns dos fenômenos mais fascinantes que já observamos. E o que é mais legal: eles são muitas vezes interligados e nos surpreendem todos os dias com novos aspectos que iluminam cada vez mais nossa compreensão do universo. Buracos negros, quasares e supernovasOs buracos negros são objetos que possuem uma quantidade incrível de massa e densidade, tanto que nem mesmo a luz pode escapar dos limites de sua gravidade.  Embora ainda seja impossível …

Imagem impressionante mostra a visão mais clara do centro da Via Láctea

Parece alguma explosão estranha, mas é na verdade a visão mais clara e impressionante que já obtivemos do centro da Via Láctea. Parece alguma explosão estranha, mas é na verdade a visão mais clara e impressionante que já obtivemos do centro da Via Láctea.  A imagem incrível foi criada a partir das observações do novo rádiotelescópio MeerKAT, na África do Sul. Seus 64 pratos coletam ondas de rádio de todo o universo, usadas neste caso para construir um retrato do buraco negro supermassivo no coração da nossa galáxia, Sagitário A*, a 25.000 anos-luz de distância.
A fotografia construída pelo MeerKAT mostra muitos recursos nunca antes vistos. Essas características incluem filamentos perto do próprio buraco negro, que não aparecem em nenhum outro lugar da nossa galáxia.
Descobertos pela primeira vez na década de 1980, esses filamentos são longos, estreitos e magnetizados. Sua origem é um mistério, que poderia ser resolvido em parte graças a esta pesquisa.  O centro galáctico está localizado …

Um ano neste incrível planeta recém-descoberto dura apenas 19,5 dias

Cientistas indianos descobriram que um exoplaneta sub-Saturno que orbita uma estrela parecida com a Terra a cerca de 600 anos-luz daqui. Ele foi nomeado EPIC 211945201b ou K2-236b, e é enorme – com 27 vezes o tamanho da Terra. Essa descoberta é importantíssima para a Índia porque coloca o país em uma seleta lista de territórios que já confirmaram a existência de um planeta fora do Sistema Solar. Esse tipo de planeta está longe de ser raro – 3.786 deles já foram descobertos até agora – mas a grande maioria deles (2.600) foi descoberta pela NASA com ajuda do telescópio Kepler.
Este telescópio já estava de olho na direção do planeta EPIC, mas a equipe indiana passou a perna na NASA e o confirmou como planeta antes, descartando a possibilidade que ele fosse um simples cometa ou outro objeto astronômico qualquer. O grupo de pesquisadores é liderado por Abhijit Chakraborty, do Laboratório de Pesquisa Física (Índia), na cidade de Ahmedabad.
Para bater o martelo na confirmação do planeta, a equ…