Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 18, 2018

A história das primeiras estrelas e galáxias, de acordo com 20 anos de simulação do universo inicial

Você provavelmente conhece a teoria do Big Bang, o magnífico e explosivo nascimento do nosso universo. Mas o que aconteceu logo a seguir?
Cerca de 100 milhões de anos de escuridão.  Quando as primeiras estrelas se iluminaram, elas eram maiores e mais brilhantes do que as que se seguiram. Sua luz ultravioleta era tão intensa que transformava os átomos ao redor em íons.  De onde vieram essas estrelas? E como elas se tornaram as galáxias – o universo repleto de radiação e plasma – que vemos hoje? Essas são as nossas questões”, explicou o professor Michael Norman, diretor do San Diego Supercomputer Center e principal autor de um artigo publicado na revista científica Frontiers in Astronomy and Space Sciences.
Amanhecer Cósmico
O chamado “Amanhecer Cósmico” – que vai do surgimento da primeira estrela até a conclusão dessa “reionização cósmica” – durou cerca de um bilhão de anos. Pesquisadores como o professor Norman trabalham com equações matemáticas e simulações do universo para tentar compr…

Astrônomos encontram exoplanetas orbitando estrela a 500 anos-luz da Terra

Cientistas do Instituto de Astronomia da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, descobriram quatro novos exoplanetas orbitando uma jovem estrela que está a cerca de 500 anos-luz da Terra. A estrela em questão é chamada de CI Tau e tem apenas dois milhões de anos. Segundo os astrônomos, ela ainda está cercada por um aglomerado de poeira e gás conhecido como disco protoplanetário.
No estudo, publicado no periódico The Astrophysical Journal Letters, a equipe de pesquisadores conta ter observado o CI Tau e seu disco com uma rede de radiotelescópios localizada nos Andes chilenos. Eles detectaram três falhas adicionais no disco, com distâncias de 13, 39 e 100 unidades astronômicas (sendo cada unidade equivalente a 150 milhões de quilômetros) da estrela, o que indica a presença de três corpos celestes em sua órbita. Segundo a análise dos cientistas, o trabalho da equipe sugere que o mais interno dos três exoplanetas é tão grande quanto Júpiter, enquanto os dois mais externos têm tamanho se…

Descoberto o maior proto-superenxame de galáxias

Com o auxílio do Very Large Telescope do ESO os astrónomos descobriram um titã cósmico no Universo primordial

Uma equipe internacional de astrônomos usando o instrumento VIMOS do Very Large Telescope do ESO descobriu uma estrutura titânica no início do Universo. Este protó-superaglomerado de galáxias - que eles apelidaram de Hyperion - foi revelado por novas medições e um exame complexo de dados de arquivo. Esta é a maior e mais maciça estrutura já encontrada em tão remota distância e tempo - apenas 2 bilhões de anos após o Big Bang.
Uma equipe de astrónomos, liderada por Olga Cucciati do Istituto Nazionale di Astrofisica ( INAF ) de Bolonha, utilizou o instrumento VIMOS no Very Large Telescope (VLT) do ESO para identificar um gigantesco superaglomerado de galáxias formado no Universo primitivo, apenas 2,3 mil milhões. anos após o Big Bang. Essa estrutura, que os pesquisadores apelidaram de Hyperion, é a maior e mais massiva estrutura a ser encontrada tão cedo na formação do Universo. 
A…

A história de antes do Big Bang

Segundo cientistas, o Universo apresenta “ecos” de eventos que aconteceram antes do Big Bang. Essas marcas podem ser vistas nas microondas de radiação que preenchem o Universo.
O cosmologista Roger Penrose afirma que os eventos parecem como “anéis” ao redor de aglomerados de galáxias. Ele criou o termo “aeon” para se referir a uma era do universo, como diferentes eras da história. Segundo Penrose, houve aeons antes do nosso, que culminaram no evento Big Bang e que deram início ao nosso aeon.
Para chegar a essa conclusão, Penrose e Vahe Gurzadyan (cientista da Universidade Yerevan, da Armênia) analisaram as temperaturas praticamente uniformes que preenchem os espaços vazios do Universo. Eles pesquisaram quase 11 mil lugares, especialmente galáxias que se fundiram e criaram buracos negros enormes.
Quando esses buracos negros são criados, há uma enorme liberação de energia. Se os mesmos eventos se repetem em diferentes aeons, ou seja, as mesmas coisas acontecem em diferentes períodos da his…