Ecos de luz de V383 Monocerotis

Crédito da imagem: NASA, ESA, H. E. Bond (STScI)

O que causou essa explosão da V838 Mon? Por razões desconhecidas, a superfície externa da V838 Mon repentinamente se expandiu de maneira incrível de modo que com o resultado ela se tornou a estrela mais brilhante de toda a Via Láctea em Janeiro de 2002. Então, mais repentinamente ainda, ela se apagou. Um flash estelar como esse nunca tinha sido visto anteriormente, supernovas e novas expelem matéria para o espaço externo. Embora o flash da V838 Mon pareça estar expelindo material para o espaço, o que está se vendo na imagem acima, obtida pelo Telescópio Espacial Hubble é na verdade um movimento do eco de luz do flash brilhante. Em um eco de luz, a luz do flash é refletida de forma sucessiva por anéis cada vez mais distantes no complexo conjunto do ambiente de poeira interestelar que já circunda a estrela. A V838 Mon, localiza-se a aproximadamente 20000 anos-luz de distância da Terra, na direção da constelação de Monoceros, o Unicórnio, enquanto que o eco de luz acima se espalha por aproximadamente seis anos-luz de diâmetro.
Fonte: http://apod.nasa.gov/apod/ap130317.html

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Tipos de Estrelas

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton