Galáxias por um fio

Créditos e direitos autorais : Aquisição - Martin Winder, Processamento - Warren Keller
 
As galáxias NGC 5216 (superior direita) e NGC 5218 parecem estar realmente conectadas por um fino cordão. Evidentemente, este cordão é um rastro cósmico de gás, poeira, e estrelas com cerca de 22.000 anos-luz de comprimento. Também conhecido como sistema de Keenan (homenagem a seu descobridor) e Arp 104, o par de galáxias interligadas está a cerca de 17 milhões de anos-luz de distância na constelação de Ursa Maior. O rastro de fragmentos que as une, juntamente com a extensão em forma de vírgula da NGC 5218 e os braços distorcidos da NGC 5216 são uma conseqüência dos fluxos mútuos gravitacionais que perturbam as galáxias enquanto elas repetidamente oscilam uma próxima à outra. Durando bilhões de anos, os encontros irão provavelmente resultar em sua fusão numa única galáxia de estrelas. Essas fusões galácticas espetaculares são agora compreendidas como sendo uma parte normal da evolução das galáxias, incluindo nossa própria Via Láctea.
Fonte: www.nasa.gov

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Tipos de Estrelas

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton