Algo silencioso e fatal está exterminando galáxias

Galáxias inocentes estão sendo assassinadas: a vida está literalmente sendo sugada para fora delas. Embora o culpado ainda esteja em liberdade, uma equipe de pesquisadores do Centro Internacional de Pesquisas de Radioastronomia (ICRAR, na sigla em inglês), na Austrália, está trabalhando incansavelmente para solucionar o caso.

O crime

Depois de examinar 11.000 galáxias usando o Sloan Digital Sky Survey (SDSS, o mais ambicioso levantamento astronômico em andamento na atualidade) e os dados do Arecibo Legacy Fast ALFA Survey, a equipe concluiu que um processo chamado em inglês de “ram-pressure stripping”, que força o gás para fora das galáxias, é mais comum do que se imaginava anteriormente. Isso causa uma morte rápida, porque sem gás, as galáxias são incapazes de produzir mais estrelas.
Então, quem é o principal suspeito deste crime?

Matéria escura

O material misterioso e invisível que desafia a nossa detecção há anos.
“Durante suas vidas, as galáxias podem habitar halos de matéria escura de tamanhos diferentes, variando de massas típicas como a da nossa própria Via Láctea a halos milhares de vezes mais maciços”, disse Toby Brown, autor principal do estudo, em um comunicado à imprensa.
À medida que as galáxias passam através desses halos maiores, o plasma intergaláctico superaquecido entre eles remove seu gás nesse processo de ação rápida chamado de ram-pressure stripping. A nova pesquisa sugere que o processo é muito comum e pode acontecer com pequenos e grandes grupos galácticos. 
Fonte: Gizmodo

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Tipos de Estrelas

Nova Classificação do Sistema Solar

Os satélites naturais do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton