O Lado da Lua que não observamos normalmente

Como todo mundo sabe, a nossa Lua é gravitacionalmente travada com a Terra, ou seja, ela sempre nos mostra a mesma face. Como podemos então ver o outro lado da Lua, que normalmente não nos é apresentado. Bem, isso só é possível por meio de sondas espaciais. Esse lado da Lua que nós não observamos recebe muitos nomes, alguns chamam de lado oculto, outros de lado escuro, outros de lado desconhecido e a tradução direta do inglês nos leva a outra denotação, de lado distante da Lua. A imagem acima é um mosaico construído a partir de 15000 imagens obtidas pela sonda Lunar Reconnaissance Orbiter entre Novembro de 2009 e Fevereiro de 2011. As imagens foram obtidas com a câmera de grande angular da sonda. A imagem completa, com a história como ela foi adquirida e outras fontes, pode ser encontrada aqui: http://lroc.sese.asu.edu/posts/298, nessa imagem podemos ver feições com uma escala de 100 metros por pixel. De cara, já se pode ver que esse lado da Lua apresenta um terreno muito diferente do lado que costumamos observar. Esse lado distante, apresenta um terreno repleto de crateras e com a ausência dos famosos mares que podemos observar no lado visível da Lua. A explicação mais provável para essa diferença é que o crosta no lado distante da Lua é mais espessa, isso faz com que seja mais difícil para o material derretido no interior da Lua fluir para a superfície e formar os mares suaves.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Tipos de Estrelas

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton