O sistema estelar R AQUARII

A estrela variável já bem conhecida e visível a olho nu, R Aquarii, é na verdade uma sistema estelar binário em interação, ou seja, duas estrelas que parecem ter uma relação simbiótica bem próxima. Localizado a aproximadamente 710 anos-luz de distância da Terra, o sistema consiste de uma estrela do tipo gigante vermelha fria e uma quente e densa estrela do tipo anã branca, que estão numa órbita mútua ao redor de um centro de massa comum. 
A luz visível do sistema binário é dominada pela gigante vermelha, ela própria é na verdade uma estrela variável do tipo Mira de longo período. Mas o material no envelope estendido da estrela gigante está sendo puxado pela gravidade para a superfície da anã branca, menor, e mais densa, eventualmente disparando explosões termonucleares e ejetando assim material para o espaço. Os dados ópticos em vermelho na imagem acima, mostram o anel de expansão de detritos originado de uma explosão que deve ter sido observada no início dos anos 1770. 
A evolução dos eventos energéticos menos entendidos que produzem emissões de alta energia no sistema R Aquarii tem sido monitorada desde os anos 2000 usando os dados do Observatório Espacial de Raios-X Chandra, esses dados são mostrados em azul na imagem. O campo de visão da imagem acima tem menos de 1 ano-luz de diâmetro na distância estimada do sistema R Aquarii.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Tipos de Estrelas

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton