Um trio de satélites irá caçar ondas gravitacionais no espaço

A caça por ondas gravitacionais está se aperfeiçoando em breve. Um detector espacial chamado de Laser Interferometer Space Antenna, ou LISA, foi uma das missões selecionadas para fazer parte do programa científico da ESA, como foi anunciado em 20 de Junho de 2017.
O LISA irá consistir de três satélites idênticos arranjados numa forma triangular, que irá vagar pelo espaço numa órbita ao redor do Sol logo atrás da Terra. A sonda irá usar lasers para detectar mudanças na distância entre cada satélite. Essas mudanças podem indicar a passagem de ondas gravitacionais, as ondulações do espaço tempo que corpos massivos, como os buracos negros, geram ao se mover.
A sonda foi originalmente planejada como uma missão conjunta entre a NASA e a ESA, mas a NASA saiu do projeto em 2011, devido a cortes no orçamento. Em Dezembro de 2015, a ESA lançou o satélite único, chamado de LISA Pathfinder, para testar o conceito, e tudo passou pelo teste. O interesse no LISA aumento em 2016 depois que os pesquisadores que trabalham no LIGO, detectores similares só que em Terra, anunciaram que eles tinham finalmente detectado as ondas gravitacionais. O LIGO é ajustado para detectar a fusão de objetos densos como estrelas de nêutrons ou buracos negros de massa estelar.
O LISA, por outro lado será sensível a colisões de objetos mais massivos, como os buracos negros supermassivos que abrigam o centro das galáxias. O desenho da missão e o custo estão sendo completados e se tudo correr como o planejado, o LISA será lançado em 2034.
Fonte:SPACE TODAY

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Tipos de Estrelas

Nova Classificação do Sistema Solar

Como surgiu o primeiro átomo?

Os satélites naturais do Sistema Solar

Johannes Kepler

Veja os 10 maiores mistérios das estrelas

Isaac Newton