17 de jul de 2018

Missão KEPLER entra em hibernação para enviar dados para a TERRA


No começo da última semana, de 2 de Julho de 2018, a equipe da missão Kepler da NASA recebeu uma indicação que o tanque de combustível da sonda está muito baixo. A NASA então colocou a sonda no modo de hibernação em preparação para fazer o download dos dados científicos coletados na última campanha de observação. Uma vez que os dados sejam baixados, a expectativa é pelo menos começar as observações da próxima campanha com qualquer quantidade de combustível existente na sonda.

Desde 12 de Maio de 2018, o Kepler está na sua campanha de observação número 18, observando uma porção do céu localizada na constelação de Câncer que já foi estuda previamente em 2015. Os dados dessa segunda observação dessa mesma região, darão aos astrônomos uma oportunidade de confirmar candidatos a exoplanetas previamente identificados, e descobrir novos. Baixar os dados da sonda Kepler é a prioridade máxima para o resto de combustível existente na sonda.

Para enviar os dados para a Terra, a sonda precisa apontar a sua grande antena para o nosso planeta e transmitir os dados durante o tempo alocado na Deep Space Network, o que está programado para acontecer no começo de Agosto de 2018. Até lá, a sonda permanecerá estável e estacionada num modo de segurança sem usar combustível algum. No dia 2 de Agosto de 2018, a equipe irá enviar comandos para a sonda para que ela acorde desse modo sem usar combustível e irão manobrar a sonda para a orientação correta para baixar os dados. Se a manobra e o download forem bem sucedidos, a equipe começa a décima nona campanha de observação no dia 6 de Agosto com o que sobrou de combustível.

A NASA irá fazer uma atualização das notícias do Kepler depois do download programado dos dados. A agência tem monitorado a sonda Kepler de perto por sinais de baixo combustível e espera que ela esgote esse combustível nos próximos meses. Enquanto os engenheiros preservam os novos dados armazenados na sonda, os cientistas continuam a minerar os dados existentes. Entre outras descobertas, recentemente 24 novos planetas foram descobertas, usando dados da décima campanha de observação, resultando assim em 2650 exoplanetas confirmados já descobertos pela missão Kepler.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...