Cientistas descobrem planeta potencialmente habitável a 14 anos-luz da Terra

Kepler 186


Caso o planeta Terra precise mesmo ser evacuado em um momento futuro, a viagem pode ter acabado de se tornar um pouco mais curta. Cientistas da Universidade de Nova Gales do Sul, na Austrália, descobriram a existência de um planeta potencialmente habitável a 14 anos-luz da Terra, uma distância que ainda é gigantesca – equivalente a aproximadamente 1,4 quadrilhão de quilômetros – mas, ainda assim, menos que a opção mais próxima encontrada antes, que fica a 22 anos-luz. O Wolf 1061c, como foi chamado, orbita ao redor da estrela anã Wolf 1061 e faz parte de um conjunto de três outros planetas, um maior e outro menor. Ao contrário de seus “irmãos”, que não podem ser habitados devido a condições de temperatura, o corpo de tamanho “médio” tem massa 4,3 vezes maior que a da Terra e um ambiente que propicia a existência de água líquida e, sendo assim, também de vida.

A órbita do planeta é de 18 dias e ele possui um ambiente rochoso, como outras alternativas habitáveis que já haviam sido descobertas por cientistas. No caso do Wolf 1061c, a localização aconteceu após observações com o telescópio do Observatório Europeu do Sul, que fica no Chile. Toda a região ao redor da Wolf 1061 é conhecida como “Cachinhos Dourados” e a própria observação se deu pelo fato da área ser considerada como potencialmente habitável. Estudos posteriores, entretanto, mostraram que apenas um dos planetas teria realmente essas condições devido à sua distância adequada da estrela que o ilumina. Antes do Wolf 1061c, o planeta potencialmente habitável mais próximo da Terra era Gliese 667Cc, que está a 22 anos-luz daqui e tem órbita que dura 28 dias. Por lá, as condições são as mesmas, com uma temperatura nem extremamente quente nem demasiadamente fria, o que poderia permitir a presença de água e, consequentemente, de organismos vivos.
Fonte: Daily Mail

Comentários

  1. Olá,
    Foi difícil encontrar um blog de Astronomia do blogspot ainda ativo. Parabéns pela resistência, pois é um tema que ainda não atrai multidões como sites de fofocas.
    Quero deixar aqui meu cumprimento pelo belo blog e um convite para conhecer o meu:
    showdaastronomia.blogspot.com
    É bem mais simples que este. Mas expressa minha admiração por esta magnífica ciência. Desde já deixo meus agradecimentos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Se você achou interessante essa postagem deixe seu comentario!

Postagens mais visitadas deste blog

Tipos de Estrelas

Galéria de Imagens - Os 8 planetas de nosso Sistema Solar

Conheça as 10 estrelas mais próximas da Terra