6 de abril de 2011

Coluna de Poeira da Nebulosa Carina

Créditos e direitos autorais : NASA, ESA, M. Livio e Hubble 20th Anniversary Team (STScI)
Dentro da cabeça deste monstro interestelar encontra-se uma estrela que o está destruindo vagarosamente. O monstro, à direita, é na verdade uma coluna inanimada de gás e poeira com mais de um ano-luz de comprimento. A estrela, invisível por trás da poeira opaca, está estourando parcialmente devido à ejeção de feixes energéticos de partículas. Batalhas épicas semelhantes a esta estão sendo travadas em toda a Nebulosa Carina, região formadora de estrelas. As estrelas vencerão no final, destruindo seus pilares da criação durante os próximos 100.000 anos, resultando em um novo aglomerado aberto de estrelas. Os pontos cor-de-rosa em toda a imagem são estrelas recém-formadas que já se livraram de seu monstro de nascimento. A imagem acima foi divulgada na semana passada em comemoração ao vigésimo ano de funcionamento do Telescópio Espacial Hubble. O termo técnico para os jatos estelares é objeto Herbig-Haro. Como uma estrela cria um jato Herbig-Haro constitui tema contínuo de pesquisa, mas que provavelmente envolve um disco de acreção movimentando-se em turbilhão em torno de uma estrela central. Um segundo e impressionante jato Herbig-Haro ocorre na diagonal, próximo ao centro da imagem.
Fonte: http://apod.astronomos.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você achou interessante essa postagem deixe seu comentario!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Artigos Mais Lidos