29 de junho de 2018

A Explosão Mais Antiga do Universo

A luz de uma estrela que explodiu há 13 bilhões de anos foi detectada foi um satélite da Nasa, agência estadunidense de exploração espacial. A luz de raios gama da explosão foi observada por vários telescópios para que sua fonte e localização fosse identificada. A iluminação causada pela explosão da estrela viajava pelo universo desde apenas 630 milhões de anos depois do Big Bang.

A explosão da estrela, chamada de GRB 090423, já era esperada por especialistas da área, de acordo com Nial Tanvir, da Universidade de Leicester, no Reino Unido. “Vínhamos procurando por uma explosão como esta há muitos anos, e é claro que esperávamos vê-la um dia, mas foi incrível perceber que este era o momento”, afirma Tanvir.

Astrônomos esperam que a observação desta e de outras explosões de raios gama distantes possam ajudar na compreensão da era negra cósmica, quando as primeiras estrelas e galáxias ainda não tinham sido formadas. “Esta explosão nos dá uma visão sobre uma era em que o universo era muito jovem e ainda passava por mudanças drásticas”, afirma Dale Frail, o Observatório Astronômico Nacional dos Estados Unidos.

Os especialistas acreditam que as primeiras estrelas do universo eram mais claras, quentes e mais densas que as que se formaram depois. Apesar da incrível descoberta sobre a explosão da estrela mais antiga do universo, cientistas ainda necessitam analisar mais estrelas antigas para compreender mais esta época da formação das estrelas e do universo. 

Mas quanto tempo isso deve demorar? “Baseado em experiências anteriores, pode demorar alguns anos antes de haver outra explosão, mas eu não ficaria surpreso se isso acontecesse amanhã”, afirma Tanvir. 
Fonte: Live Science
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...