1 de outubro de 2018

Filamento solar entra em erupção


O que aconteceu com o nosso Sol? Nada muito invulgar - apenas lançou um filamento. Em meados de 2012, um filamento solar de longa duração foi expelido para o espaço, produzindo uma energética Ejeção de Massa Coronal. O filamento havia sido retido durante dias pelo campo magnético do Sol, em constante mudança, e o momento da erupção foi inesperado. Observada de perto pela SDO (Solar Dynamics Observatory), em órbita do Sol, a explosão resultante disparou eletrões e iões para o Sistema Solar, alguns dos quais chegaram à Terra três dias depois e impactaram a magnetosfera da Terra, provocando auroras visíveis. Nesta imagem ultravioleta podem ser vistos, acima do filamento em erupção, "loops" de plasma em redor de uma região ativa. Embora o Sol esteja agora num estado relativamente inativo do seu ciclo de 11 anos, abriram-se buracos inesperados na coroa do Sol, permitindo que um excesso de partículas carregadas fluísse para o espaço. Tal como antes, essas partículas carregas estão a produzir auroras.
Crédito: GSFC da NASA, Equipe do AIA da SDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você achou interessante essa postagem deixe seu comentario!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Artigos Mais Lidos