20 de maio de 2011

Menor buraco negro conhecido

O menor buraco negro que se conhece foi descoberta na Via Láctea por cientistas da NASA. [Imagem: NASA]

Cientistas da NASA descobriram o menor buraco negro conhecido, medindo apenas 25 quilômetros de diâmetro e com uma massa 3,8 vezes maior do que a massa do nosso Sol. O Sol tem um diâmetro de 1,4 milhão de quilômetros, o que é 108 vezes o diâmetro da Terra.

Buraco negro na Via Láctea

O novo buraco negro, localizado no sistema binário XTE J1650-500, dentro da Via Láctea, se aproxima das dimensões do menor buraco negro possível, conforme previsto pelas teorias atuais. A descoberta foi feita por meio do satélite de observações RXTE (Rossi X-ray Timing Explorer), lançado em 2001, utilizando uma técnica inédita que estabelece uma relação entre a massa do buraco negro e a parte interna dos discos que o circundam.

Emissão periódica de raios-X

Os gases nesses discos formam espirais que terminam em um mergulho fatal em direção ao centro do buraco negro. Esse processo irradia uma torrente de raios-X que oscila conforme um padrão regular, chamada QPO (Quasi-Periodic Oscillation). O método QPO foi idealizado pelos astrônomos Nikolai Shaposhnikov e Lev Titarchuk, da NASA.

Imagem do buraco negro

A ilustração acima foi construída a partir dos resultados das medições que permitiram a descoberta do menor buraco negro conhecido até hoje, mostrando o comportamento das espirais de gás nos discos de acreação. Ao se aproximar do centro do buraco negro, as espirais se acumulam, formando uma espécie de "engarrafamento" - a porção mais brilhante da imagem. Esse engarrafamento se forma mais próximo ao centro em buracos negros menores, gerando a emissão de raios-X em períodos menores. Foi a medição precisa desses intervalos que permitiu a descoberta do menor buraco negro conhecido até agora.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você achou interessante essa postagem deixe seu comentario!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Artigos Mais Lidos