6 de junho de 2011

A estrela brilhante VFTS 682 na Grande Nuvem de Magalhães

Créditos:ESO / M.-R. Cioni / VISTA Magalhães pesquisa Cloud. Agradecimento: Unidade de Pesquisa Astronômica Cambridge
Essa imagem mostra uma parte muito ativa da região de formação de estrela ao redor da Nebulosa da Tarântula na Grande Nuvem de Magalhães, uma pequena galáxia vizinha da Via Láctea. No centro exato dessa imagem localiza-se a brilhante e isolada estrela VFTS 682 e à direita e abaixo o rico aglomerado estelar R 136. As origens das estrelas VFTS não são claras, ela foi ejetada da R 136 ou se formaram de maneira apropriada? A estrela aparece com uma coloraçãoo amarela-avermelhada nessa imagem, que inclui imagens feitas na luz visível e no infravermelho usando o Wide Field Imager acoplado ao telescópio de 2.2 metros MPG/ESO em La Silla e foi usado também o telescópio infravermelho VISTA de 4.1 metros localizado no Paranal, com essa combinação de imagens é possível identificar o efeito da poeira interstelar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você achou interessante essa postagem deixe seu comentario!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Artigos Mais Lidos